Mulheres são assaltadas em estabelecimentos comerciais



Os autores de três roubos em que mulheres figuram como vítima são procurados em Ipatinga. Um dos roubos foi praticado em um comércio localizado na rua Cândido Portinari, bairro Cidade Nobre. Uma mulher de 40 anos informou que, no fim da tarde de quarta-feira (27), um bandido invadiu a loja onde ela trabalha, com as mãos debaixo da camisa, dizendo que estava armado e anunciou o roubo, exigindo dinheiro e celular.

A vítima escondeu o celular e entregou R$ 100. O homem, que apresentava nervosismo, voltou a exigir o celular, mas desistiu e fugiu a pé. Na avenida Simon Bolivar pegou um mototáxi e seguiu sentido ao bairro Esperança. Ao avaliar imagens das câmeras de segurança policiais concluíram que o assaltante era E.S.B., de 31 anos. Testemunhas também o reconheceram como o autor do roubo, ao ver fotografias do suspeito, que não foi encontrado em sua residência. O homem ainda é procurado.

Panorama
No bairro Jardim Panorama, a vítima do roubo foi uma jovem de 20 anos. Ela trabalha em um comércio na Minas Gerais, no bairro Jardim Panorama, quando um indivíduo vestido com camisa vermelha, bermuda escura e boné, simulou estar armado e determinou que ela repassasse o celular e não gritasse. Temendo pelo que pudesse ocorrer, a vítima entregou o celular. O assaltante ainda recolheu o dinheiro que estava em uma carteira, com documentos. O assalto ocorreu às 11h de quarta-feira e o criminoso não foi encontrado nas buscas feitas desde então.

Tiradentes
No bairro Tiradentes outro estabelecimento comercial foi assaltado. Uma mulher de 46 anos foi rendida, por volta de 18h30 de quarta-feira, por um homem que invadiu o comércio e anunciou o roubo. Ele simulou estar armado, e disse que era para a vítima não gritar. Outra mulher que estava no local percebeu que o assaltante estava desarmado e começou a gritar por socorro. O criminoso assustou-se e deixou cair um telefone. Ainda tentou tomar o aparelho da vítima, que jogou o aparelho na rua. A confusão atraiu a atenção dos vizinhos. Ao perceber a situação, o bandido saiu correndo, pegou o celular jogado pela vítima, montou na bicicleta, na qual chegou, e fugiu sem ser encontrado. O celular que o ladrão deixou cair foi recolhido por policiais militares. A vítima informou que o mesmo assaltante já tinha atacado no comércio no dia 28 de janeiro desse ano.

Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Leoncio Simoes 28 de Novembro, 2019 | 22:16
Ta dificil Estes bandidos roubam,a policia prende,a justica solta i eles continuam roubando.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO