Descontos significativos são esperados na Black Friday 2019

Campanha traz oportunidades até na área educacional

Divulgação


Derivada do inglês, a expressão ficou conhecida como data de ofertas

A forma de comprar mudou ao longo do desenvolvimento da sociedade. No Brasil, por volta dos anos 2000, uma nova modalidade de consumir com desconto chegou para ficar: a Black Friday. Derivada do inglês, a expressão ficou conhecida como data de ofertas.

A origem exata da campanha é incerta. Há quem diga que a expressão nasceu após instituições financeiras terem quebrado, coincidentemente, em uma sexta-feira. Outra versão é a de que o termo foi criado por policiais da Filadélfia em referência ao dia após o feriado do Dia de Ação de Graças.

O fato é que a Black Friday entrou para o calendário dos consumidores brasileiros. Inclusive, há grandes marcas que oferecem uma semana inteira de descontos, expandindo a iniciativa para uma Black Week, semana inteira de ofertas.
Os produtos mais buscados durante o período são aqueles de maior valor agregado, em que o desconto se torna mais significativo, conforme aponta a pesquisa da LeadMedia. Dentre os consumidores, 59% das pessoas poupam dinheiro durante o ano para utilizar no período das promoções, segundo a pesquisa da Zoom.

Embora o varejo, com a venda de produtos e serviços, marque presença nessa época, a possibilidade de estudar pagando pouco está sendo uma novidade na Black Friday. Oportuno para aqueles que desejam melhorar a empregabilidade, buscar conhecimento ou realizar um sonho antigo de cursar uma faculdade, o Educa Mais Brasil, maior programa de inclusão educacional do país, está estreando na Black Friday com uma semana de oferta de bolsas de estudo com condições ainda mais especiais.

Na Black Week do Educa, que vai de 25 a 29 de novembro, além da possibilidade de conseguir bolsas com desconto de até 70%, a pré-matrícula – que corresponde à primeira mensalidade - de qualquer instituição parceira fica no valor fixo de R$100. A novidade contempla as novas contratações para as modalidades de ensino básico, superior e técnico.

“Mais e mais pessoas precisam da educação para transformar suas vidas para melhor. Este período é uma oportunidade para quem deseja estudar em uma instituição de ensino de qualidade a preços mais acessíveis”, considera Andreia Torres, diretora de Expansão e Relacionamento do Educa Mais Brasil.

A jornalista Jasmin Chalegre está procurando escola da educação básica para matricular a filha Maria Madalena. Quando soube da Black Week do Educa, ficou animada com a possibilidade de dar um futuro melhor para a filha.

“A educação é uma das prioridades no orçamento da minha família, mesmo a Madalena sendo pequena. Esse é um interesse tanto meu quanto do pai dela. A gente vê que a educação de qualidade é um item tão caro. Infelizmente, o acesso à educação ainda é muito complicado no país. Então, quando a gente descobriu que o Educa está oferecendo essa oportunidade, nos trouxe uma sensação de segurança. Eu e meu marido queremos proporcionar para a nossa filha um futuro melhor de uma forma que caberá no nosso orçamento”, conta.

Faça como a Jasmin e fique atento às oportunidades de estudar com desconto. Economizar é um ato de inteligência financeira que pode render grandes investimentos futuros.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO