Receptadores de notebooks furtados em Coronel Fabriciano são detidos

Seis equipamentos levados de uma empresa de treinamentos no último dia 18 de novembro foram recuperados

Divulgação Polícia Militar


Seis notebooks foram recuperados pelos policiais militares e duas pessoas presas

Um jovem e uma mulher foram presos pelo crime de receptação, em Timóteo, e em Jaguaraçu. Um terceiro envolvido no crime também foi identificado pelos policiais militares que recuperaram seis notebooks furtados no escritório de uma empresa de treinamentos, em Coronel Fabriciano, no último dia 18 deste mês.

Os policiais militares realizavam uma operação Batida Policial no distrito de Cachoeira do Vale, em Timóteo, no início da noite de domingo (24), quando foram informados que W.G.F., de 26 anos, teria receptado notebooks furtados em Fabriciano, objetos vendidos por um autor do crime já identificado. Os militares foram até a casa do suspeito, que revelou ter comprado seis equipamentos por R$ 500.

Ele entregou quatro notebooks que se encontravam na casa dos pais dele. W. revelou que vendeu dois dos aparelhos, um para W.G.C., de 18 anos, por R$ 400. As equipes foram até a casa de W.G.C., mas ele não estava no local. A mãe do jovem informou que o filho havia saído, mas confirmou que ele havia comprador o computador e entregou o equipamento.

Enquanto isso, uma outra equipe policial foi ao distrito de Lagoa do Pau, em Jaguaraçu, e localizou mais um notebook na casa da comerciante G.C.P., de 43, que segundo W.G.F. lhe comprou uma das máquinas. A mulher confirmou ter pago R$ 400 pelo laptop. Ela entregou o equipamento e recebeu voz de prisão por receptação. Os dois detidos e os seis computadores portáteis recuperados foram encaminhados para o plantão da 1ª Delegacia Regional de Ipatinga.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Jovem Aprendiz 25 de Novembro, 2019 | 13:45
Nuss!!! Eu comprei um notebook do W.G.F também. Tô f...

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO