Coluna de Moda

Wagner Penna e todas as novidades do mundo fashion

Agência Fotosite/Divulgação


Modelo com prints de Rodrigo Babo para grife Victor Dzenk
PRINTS
Um dos truques que está usando com frequência pela turma da moda para personalizar as suas criações, são as estampas exclusivas. Depois da invenção da estamparia digital, imprimir desenhos sobre tecidos – os chamados ‘prints’, no jargão da moda - de forma rápida e mais barata acabou se transformando em um recurso que quase todas as confecções de pequeno e médio porte têm usado para garantir um produto final bacana e sem risco de ter uma ‘cópia’ circulando por aí.

Para isso, alguns profissionais têm se dedicado ao assunto. Em Beagá, a dupla formada por Rodrigo Babo e Virginia Domingos faz trabalhos autorais com qualidade excelente e pegada artística muito criativa. Desde o início, já atenderam as principais marcas mineiras, criando uma identidade de valor para algumas delas de forma definitiva. E este é um diferencial de crescente importância, numa cena de moda pasteurizada do mundo atual.

////

MOOD – FESTIVAL DE MODA
O quadro atual da moda mineira é de expectativa quanto ao futuro, fato provocado pelas mudanças drásticas nos modos de produção, dinâmicas de mercado e renovação dos conceitos fashion. E para falar sobre tudo isso, foi promovido em Beagá o Mood – Festival de Moda, com quase 80 eventos espalhados por vários pontos da capital e que termina neste sábado (23).

Os debates e palestras tiveram temas como Identidade da Moda Mineira (do qual tivemos a honra de participar), Inovação e Tecnologia, A Moda Como Produto Turístico, Mercado Internacional e muitos outros. O movimento teve apoio da Prefeitura de Belo Horizonte e participação de entidades como a Frente Mineira da Moda, entre outros. Com o sucesso dessa primeira edição, os organizadores já se movimentam para a edição de 2020.

////

Agência Fotosite/divulgação SPFW


Grife Apartamento 03, uma criação Luiz Cláudio Silva
VAIVÉM
* Uma ‘Coworking’ chamada Co.Crie está mudando o conceito de trabalho entre o pessoal da moda. Além de escritório compartilhado, tem também um fomentador de negócios, vitrine para os novos talentos, gerador de ações fashion e oficina de práticas profissionais ligadas ao mundo da moda. Nesta semana houve por lá, a 1ª Mostra Co.Crie, com a turma jovem da moda revelando a que veio e o que tem a mostrar. ***

* Atitude bacana teve Paolinha Murta, após ela e o marido, Wander Martins, venderem a Skazi. Marcaram reunião com os corretores de moda que atendem a marca para explicar a operação e mostrar as ações daqui pra frente. ***

* O mundo da moda está cada vez mais competitivo. A turma que foi a São Paulo para os salões de novembro voltou impressionada com os avanços fashion na região do bairro Bom Retiro, polo do chamado fast-fashion paulistano. Eles estão conseguindo entregar um bom estilo e produtos bem acabados com preços baixíssimos. Sem comentários.

* O estilista Ignácio Ribeiro, que a turma da moda mineira conhece como ‘Papaulo’, deu um rasante no vaivém fashion que movimentou o circuito nesta semana. Ele mora em Londres, onde desfila a sua marca Clements Ribeiro, e também foi responsável pelo reposicionamento da marca francesa Cacharel no mercado. ***

* Fenômeno novo no varejo de moda: as grandes e poderosas redes nacionais de eletroeletrônicos estão abrindo espaços para vender produtos fashion. Tudo começou apenas nas vendas virtuais, mas cresceu e chegou também às suas lojas físicas. Uma briga de gigantes que, certamente, afetará os pequenos endereços de multimarcas. ***

PONTO FINAL - O Dia da Consciência Negra foi marcado no circuito fashion com várias ações. Uma delas ocorreu no Mood – Festival da Moda, onde Makota Kidansembu falou sobre o estilo aineiro da moda. Ela revelou que as estampas diferenciadas criadas por aqui sob a inspiração da matriz africana são um sucesso, pela sua coordenação de cores e pelas formas diferenciadas. Bacanérrimo.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO