Vacinação contra o sarampo para adultos já é aplicada

A expectativa é imunizar 95% do público-alvo, estimado em 18.890 pessoas no município

Rovena Rosa/Agência Brasil


Expectativa da Secretaria de Saúde de Coronel Fabriciano é imunizar 95% do público-alvo

A Secretaria de Governança da Saúde de Coronel Fabriciano iniciou na segunda-feira (18), a 2º etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra o sarampo. Até o dia 30 de novembro, o foco da campanha é a população adulta na faixa etária de 20 a 29 anos não vacinada.

A expectativa é imunizar 95% do público-alvo, estimado em 18.890 pessoas no município. Em Fabriciano, a administração municipal vai adotar estratégias para ampliar a vacinação: a sala de vacinação do Corujão, no bairro Santa Cruz, funcionará em horário estendido das 18 às 21h, até o fim do mês. “É uma faixa etária que trabalha e estuda durante a semana e não pode comparecer a unidade de saúde no horário habitual. Por isso, ao invés de abrir as unidades de saúde no Dia D (30), optamos pelo horário estendido. E se der certo, vamos estender esta ação por mais tempo”, ressalta a coordenadora de Vigilância Epidemiológica e Imunização, Tatiana Cunha.

Para receber dose, basta comparecer à Unidade Básica de Saúde de referência munido de documento pessoal e cartão vacinal para atualização.

Sintomas

Os principais sintomas do sarampo são: erupções ou manchas vermelhas, febre acompanhada de tosse forte ou seca; dores musculares; irritação nos olhos; nariz escorrendo ou entupido; dores de cabeça e garganta; mal-estar intenso e até perda de apetite.

A transmissão do vírus de pessoa a pessoa ocorre por meio da tosse, fala, espirro e no ato de respirar. Pode ocorrer entre quatro dias antes e quatro dias depois do aparecimento das manchas vermelhas no corpo. É fundamental estar atento à persistência da febre, principalmente em crianças menores de cinco anos, pois indica gravidade do quadro.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO