Minuta de lei visa corrigir valores de taxas em Ipatinga

O presidente da Aciapi, Cláudio Zambaldi, destacou que essa reformulação das taxas ajudará muito os empresários, que estão sufocados com tantas taxas, sendo que muitos não conseguem quitá-las

Divulgação


Em encontro entre prefeito e presidentes da Aciapi-CDL, foi apresentada a minuta de lei que será encaminhada ao Legislativo

A Associação Comercial, Industrial, Agropecuária e de Prestação de Serviço (Aciapi) e a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Ipatinga participaram de uma reunião com vereadores e com o prefeito Nardyello Rocha, na manhã desta quinta-feira (14), na prefeitura. No encontro, foi apresentada a minuta de lei que será encaminhada ao Legislativo nos próximos dias, para corrigir valores de taxas que foram aumentadas nas gestões anteriores, de forma desproporcional.

A exposição de detalhes e discussão da nova proposta foi feita pelo prefeito com o auxílio dos secretários de Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma), Agnaldo Bicalho, e de Assuntos Extraordinários, Régis Carlos José Oliveira, além do consultor geral do município, Leandro Medrado.

O presidente da Aciapi, Cláudio Zambaldi, destacou que essa reformulação das taxas ajudará muito os empresários, que estão sufocados com tantas taxas, sendo que muitos não conseguem quitá-las. “Essa é uma bandeira que a Aciapi e a CDL solicitaram assim que ele assumiu o governo de forma provisória. Desde então, discutimos várias ações. Mas agora podemos constatar que no projeto houve uma mudança drástica, bem abaixo dos valores cobrados atualmente. O prefeito ficou de enviar, assim que for possível, um projeto de lei com essas mudanças solicitadas, para que as entidades possam analisar e aprovar tais alterações, para que depois possa ser encaminhado ao Legislativo. A expectativa é que seja possível entrar em vigor a partir de 2020”, afirmou.

Segundo o prefeito Nardyello Rocha, a proposta da atual administração é de promover as alterações necessárias para estabelecer valores justos. “Para tal, mantemos um diálogo aberto com os parlamentares interessados e compromissados com o desenvolvimento da cidade, além dos representantes do comércio e empresariado de modo geral”, salientou.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO