Orquestra Abayomy em Ipatinga

Grupo orquestral tem sonoridades marcantes que remetem a sons africanos

Nas proximidades do Dia Nacional da Consciência Negra, celebrado em todo o país no dia 20 de novembro, o público amante da boa música em Ipatinga vai poder ver e ouvir pela primeira vez o show da Orquestra Abayomy, do Rio de Janeiro, que, por meio da música afrobeat, discute as desigualdades sociais e raciais.

No próximo sábado (16), às 20h, o grupo vai apresentar o espetáculo “Afrobeat, Afrontas e Lacrações” no teatro do Centro Cultural Usiminas, com parte da Série de Música Instrumental, realizada pelo Instituto Usiminas com patrocínio da Usiminas via lei de incentivo.

João Salomão/Divulgação ACS CCU


Abayomy: covers clássicos do afrobeat e composições de artistas nacionais
A Abayomy é formada por 13 músicos que movimentam a cena carioca e abusam de suas referências brasileiras em arranjos vivos, calcados na força do afrobeat.

O repertório da orquestra inclui covers de clássicos do afrobeat e versões para composições de artistas como Jorge Ben, Marku Ribas, Tim Maia, Antônio Carlos & Jocafi e outros nomes da música brasileira com obras inspiradas nas raízes rítmicas africanas.

O evento conta ainda com ação social, com venda de ingresso solidário no valor de meia-entrada (R$ 20), para todos aqueles que doarem 1kg de alimento antes do evento.

Primeira orquestra dedicada ao afrobeat no Brasil, a Abayomy proporciona um verdadeiro passeio por sonoridades marcantes que conduzem o público à África. Em diferentes ocasiões o grupo dividiu o palco com grandes nomes da música brasileira, como a Orquestra Contemporânea de Olinda, Nina Becker, Marku Ribas e Bnegão.

Abayomy é uma palavra de origem Iorubá e significa “encontro feliz”. O grupo foi criado especialmente para a primeira edição do Fela Day (2009), um evento internacional que celebra o nascimento do Fela Kuti, músico nigeriano criador do afrobeat.

O primeiro disco da banda, Abayomy Afrobeat Orquestra, foi lançado em 2012, produzido por André Abujamra (Karnak, Os Mulheres Negras), e pode ser ouvido no endereço https://www.youtube.com/watch?v=-W7JROy3Nho.

Em suas letras o grupo mostra um discurso afinado com o pensamento e as propostas do criador do afrobeat, falam sobre as desigualdades sociais e raciais e destacam o sincretismo religioso brasileiro.

SERVIÇO:
Orquestra Abayomy
“Afrobeat, Afrontas e Lacrações”
Sábado (16) – 20h
Teatro do Centro Cultural Usiminas

Venda de ingressos na bilheteria do Centro Cultural Usiminas e site www.eventim.com.br: R$ 20 ingresso solidário mediante doação de 1kg de alimento não perecível na hora do evento. R$ 40 (inteira) R$ 20 (meia-entrada para estudantes, professores, menores de 18 anos, maiores de 60, colaboradores Usiminas, Unigal, Mineração Usiminas, Soluções Usiminas e Fundação São Francisco Xavier). Informações: (31) 3822-3031.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO