Próximos clássicos mineiros serão com torcida única

A definição de não haver mais torcida mista ocorreu nesta terça-feira, durante encontro do gestor de futebol celeste, Zezé Perrella e do presidente alvinegro, Sérgio Sette Câmara

Pedro Souza


Após série de conflitos no último jogo, não haverá mais torcida mista nos jogos entre Atlético e Cruzeiro

Depois de uma série de conflitos envolvendo torcedores no último clássico mineiro, realizado no domingo, pelo Campeonato Brasileiro, Cruzeiro e Atlético decidiram que os próximos encontros dos dois maiores clubes do estado terão torcida única. Segundo a Polícia Militar, 53 pessoas foram presas em função dos episódios de violência no Mineirão. Cinco torcedores, todos de organizadas, ficaram feridos após a partida. Também houve invasão de torcedores atleticanos, minoria no estádio, aos camarotes cruzeirenses. Os torcedores celestes teriam ainda atirado objetos nos rivais. Além disso, também foi registrado um caso de racismo de um atleticano contra um segurança do estádio.

A definição de não haver mais torcida mista ocorreu nesta terça-feira, durante encontro do gestor de futebol celeste, Zezé Perrella e do presidente alvinegro, Sérgio Sette Câmara. De agora em diante, a partida com mando do Atlético terá 100% de ingressos vendidos apenas para a torcida do Galo, e os duelos com mando do Cruzeiro terão apenas torcedores celestes. Como a decisão foi tomada pelas partes interessadas, não é preciso aprovação ou interferência do Ministério Público.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO