3º Encontro Beneficente de Corais

Projeto Entre Grades e Sonhos promove evento no centro Cultural Usiminas

O teatro do Centro Cultural Usiminas será palco, na próxima quarta-feira (13), às 19h30, do 3º Encontro Beneficente de Corais do Vale do Aço, promovido pelo projeto Entre Grades e Sonhos.

A ação integra um conjunto de atividades que promovem a humanização do sistema carcerário e a ressocialização de mulheres privadas de liberdade do Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) de Ipatinga.

A abertura da 3ª edição terá a participação do jornalista, escritor e socioeducador Tio Flávio, fundador do Projeto Tio Flávio Cultural, que reúne mais de mil voluntários na Grande BH, que fará uma abordagem sobre o tema “Sonhar e Realizar”.

Divulgação/ACS Fiemg RVA


Vários corais participam nas apresentações públicas do projeto
O evento terá participação do Coral da FSFX, Coral Unileste, Coral Gente Nossa, Orquestra E.M. Cantar, Coral Vencedores com Cristo e Infantojuvenil da Aperam. Ao final haverá um grande encontro dos corais, a uma só voz.

A entrada é gratuita. Os organizadores pedem aos convidados que, no dia do evento, levem produtos de higiene pessoal para serem entregues às mulheres privadas de liberdade do Ceresp, de Ipatinga.

O “Entre Grades e Sonhos”, projeto desenvolvido pela Rede Colaborativa de Voluntariado do Vale do Aço, surgiu em 2017 durante as reuniões preparatórias do DIA V.

Participam do projeto o Rotary, Lions, Unicev Capelania, Programa Mãos que Ajudam da Igreja Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, Unileste, Fiemg Regional Vale do Aço, OAB, Associação Missão Ômega.

Também se uniram ao projeto o Movimento Gays Lésbicas e Simpatizantes, Conselho da Comunidade da Comarca de Ipatinga, Conselho Comunitário de Segurança Pública, Instituto Cultural Usiminas, pastorais, profissionais liberais, artistas e voluntários da comunidade.

Visando ampliar o movimento em prol da discussão sobre a ressocialização das mulheres provadas de liberdade, diversos corais da região foram convidados para se integrarem ao projeto.

Esse coletivo se articula e gera oportunidades de diálogo e trabalho com a participação efetiva dos voluntários, em ações dentro e fora do Ceresp, em parcerias para Postos de Coleta de material de higiene pessoal, palestras e diálogos, apoio às famílias das mulheres, atendimento de saúde física e espiritual, oficinas de empregabilidade, cuidado e autoestima e até mesmo a realização de casamentos na unidade prisional.

“Desde que o projeto teve início, nunca mais faltou absorvente higiênico para essas mulheres em privação de liberdade, o que nos enche de orgulho e esperança”, diz a consultora de responsabilidade social empresarial da Fiemg Regional Vale do Aço, Patrícia Barbosa.

O Comitê Entre Grades e Sonhos – o resgate é possível - atua durante todo o ano com postos de coleta de material de higiene pessoal, principalmente absorventes higiênicos, além de visitas ao presídio, reuniões com a comunidade e propondo soluções em parceria com diversas entidades, visando sensibilizar e unir todos no mesmo propósito.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO