58º BPM forma 27 motopatrulheiros, em Coronel Fabriciano

Curso denominado Motopatrulhamento Especializado contou com participação de PMs da região e de Belo Horizonte

Divulgação Polícia Militar


Os 27 policiais participam da solenidade da formatura do curso

Vinte e sete policiais militares foram diplomados na manhã de sexta-feira (8) ao concluírem o Curso de Motopatrulhamento Especializado (CME), no 58º batalhão da Polícia Militar (BPM), sediado em Coronel Fabriciano. O curso foi realizado no período de 28 de outubro a 8 de novembro, no total de 80 horas-aula.

O treinamento visa dar uma resposta aos criminosos que utilizam a motocicleta como veículo, devido a sua facilidade de deslocamento pelos corredores do trânsito e sua capacidade de camuflagem entre os outros veículos da via. “A metodologia do curso é voltada para a prática de manobras que exigem do motociclista um alto grau de equilíbrio e controle da motocicleta”, informa a PM.

No curso, o policial do motopatrulhamento treina a destreza e reforma as potencialidades cognitivas, a sensibilização das percepções psicomotoras, para que o profissional tenha capacidade de respostas típicas da atividade de recobrimento do serviço policial.

A solenidade de formatura ocorreu na Praça da Estação, ao lado do terminal rodoviário, no Centro, local escolhido para facilitar a participação das pessoas.

Ao fim da solenidade foram selecionados três militares que se destacaram durante o curso, para receberem, além dos certificados, “Troféus Destaques”. “Tivemos PMs de Itabira e de João Monlevade que participaram conosco. As comunidades estão recebendo policiais militares mais capacitados com este motopatrulhamento especializado”, disse o tenente-coronel Warley Geraldo, comandante do 58 BPM.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

MAIS FOTOS

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO