Construção de rotatória no Bethânia é concluída

A perspectiva do governo é de que haja maior fluidez para todos os usuários da via e, também, melhoria das condições de segurança

Divulgação


A nova rotatória no cruzamento das avenidas Alberto Giovannini e José Assis de Vasconcelos tem 28 metros de diâmetro

As obras de construção de uma nova rotatória no cruzamento das avenidas Alberto Giovannini e José Assis de Vasconcelos, no bairro Bethânia, foram concluídas nesta quinta-feira (7). As intervenções foram entregues conforme o cronograma previsto – três semanas –, incluindo além da alça de contorno a sinalização com pinturas, um passeio para pedestres, rampas de acessibilidade e serviço paisagístico, informou o Executivo de Ipatinga.

O equipamento foi entregue pelo prefeito Nardyello Rocha, que foi ao local acompanhado de profissionais das Secretarias Municipais de Obras Públicas (Semop) e de Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma).

A rotatória tem como objetivo eliminar antigos problemas no trânsito na região, já que a movimentada confluência de vias há anos experimenta muitos acidentes, engarrafamentos e lentidão, colocando também pedestres e ciclistas em risco. A perspectiva do governo é de que haja maior fluidez para todos os usuários da via e, também, melhoria das condições de segurança.

Rotatória
A nova rotatória tem 28 metros de diâmetro, com raio de 14 metros. A pista tem nove metros de largura. Além disso, foi implantado um passeio com 2,3 metros de largura para pedestres junto ao novo equipamento, com rampas de acessibilidade. A pista do passeio tem 27 metros de comprimento, ligando a área a calçadas da avenida Alberto Giovannini. O passeio ainda conta com quatro rampas para garantir a acessibilidade e oferece mais proteção aos pedestres num local de intenso fluxo de veículos. Nas extremidades, também foram pintadas faixas de pedestres.

O prefeito Nardyello Rocha enfatizou que a rotatória “é diferenciada porque tem quatro canteiros. E o mais importante de tudo é que, graças a todas as simulações que fizemos, constatamos que era possível resolver o problema do fluxo sem estancar o trânsito com semáforo”.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

José da Paixão Rodrigues 08 de Novembro, 2019 | 20:49
Uma falta de vergonha com a população do Bethânia e de outros usuários que trafegam pela PIOR rotatória já projetada em Ipatinga. Um perigo. Quem sai do Vila Militar e segue sentido à faculdade ou Bretas, passando ao lado da maçonaria corre o sério risco de ser abalroado por um veículo que segue do Bethânia ao Canaã. Além de que,a rotatória é muito estreita.Podem começar a colocar na conta do prefeito os acidentes que ali vão ocorrer.
Natal 07 de Novembro, 2019 | 22:59
....deveria já ter feito uma lei Municipal , proibindo todo e qualquer tipo de comércio em cima destas rotatorias.... amanhã já vai ter aquele churrasquinho , cachorro quente e outras coisas mais...

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO