Colisão de moto com caminhão deixa dois mortos na estrada de Ipaba

No violento impacto, os dois ocupantes da moto sofreram ferimentos graves, principalmente nas pernas, e Filipe teve parte da perna esquerda decepada

Reprodução


Anselmo era condutor e Filipe o passageiro da motocicleta

Duas pessoas morreram em um violento acidente de trânsito, na manhã de terça-feira (5), na estrada de Ipaba. Um motociclista teve uma perna amputada e o outro ocupante se feriu gravemente depois na uma colisão com um caminhão.

O acidente aconteceu no “acesso novo” entre a BR-458 e a cidade de Ipaba, nas proximidades da localidade de Baixada Coronel Roberto.

Anselmo Rodrigues da Costa, de 36 anos, pilotava a motocicleta Honda Titan 150 e levava na garupa Filipe de Souza Bastos, de 24 anos.

Em uma curva, ele perdeu o controle e foi de encontro a um caminhão Mercedes-Benz que passava pelo local, dirigido por Edimilson Luiz de Oliveira, de 45 anos.

No violento impacto, os dois ocupantes da moto sofreram ferimentos graves, principalmente nas pernas, e Filipe teve parte da perna esquerda decepada. O condutor, Anselmo, estava lúcido, no momento da chegada dos policiais, e alegou que perdeu a direção da moto ao passar sobre areia espalhada na pista.

A situação contada pelo motociclista foi confirmada pelo motorista do caminhão carregado com a areia. Ele informou que trafegava sentido a Ipaba, quando percebeu que o condutor da moto perdeu o controle e foi em sua direção, sem conseguir evitar o impacto.

Os profissionais da Secretaria de Saúde de Ipaba prestaram o atendimento até a chegada dos socorristas do SAMU, mas Filipe, conhecido como Marujo, morreu no local e seu corpo removido ao IML de Ipatinga. Anselmo chegou a ser resgatado com vida, mas morreu no percurso para o hospital. O local foi periciado pela Polícia Civil.

Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Cidadão Indignado 07 de Novembro, 2019 | 12:14
O cara chiou na curva por causa de areia, e o motorista do caminhão transportava areia? Cruel né!?
Enquanto não houver fiscalização quanto ao limite de toneladas(pesagem) que um caminhão deve carregar, sempre teremos acidentes como este em todo o território da região, visto que ninguém fiscaliza mesmo!

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO