Ipatinguense Alan Empereur segue firme no Verona da Itália

Além da Série A, o Verona disputou a Copa das Itália este ano, sendo eliminado pelo Cremonese, derrota de 2 a 1, porém o gol de honra foi assinalado por ele

Divulgação Verona


Alan Empereur começou como lateral esquerdo na base da Usipa

Aos 25 anos e na Itália desde 2010, o ipatinguense Alan Empereur disputa a Série A do Campeonato Italiano, o conhecido Calcio. Alan começou na escolinha da Usipa, onde ficou até o infantil. Transferiu-se para a Aciaria, à época vitrine de jovens para os grandes clubes brasileiros, seguindo então para a base do Atlético. De lá, após ser observado por empresários ligados a clubes europeus e por ser descendente de italianos (o avô paterno), surgiu a proposta para se transferir para a Fiorentina.

Um tempo depois e ele já desembarcou em Firenze, ainda juvenil. Com o passaporte italiano, firmou-se no clube por quatro anos. Em seguida, já como profissional da Fiorentina, iniciou uma peregrinação por uma série de clubes de segunda e terceira divisões, como Ischia, Livorno, Teramo, Salernitana, Bari e por fim o Foggia. Em 2018, transferiu-se para o tradicional Hellas Verona, que estava na Série B.

O clube conseguiu o acesso ao Calcio e Alan Empereur, que é filho do ex-volante e hoje presidente do Jabaquara Jorge Empereur, seguiu na agremiação. Ele atua com a camisa 33. Além da Série A, o Verona disputou a Copa das Itália este ano, sendo eliminado pelo Cremonese, derrota de 2 a 1, porém o gol de honra foi assinalado por ele.

Alan tem contrato com o Verona, que já foi campeão italiano na temporada 1984/1985, até junho de 2021 e pelo que se sabe, pretende cumpri-lo na condição de titular, a fim de buscar uma transferência para outro clube da Série A ou de outro grande da Europa.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO