Lixo e entulho são retirados da galeria da avenida Gerasa

A limpeza começou no início desta semana

Secom-PMI


Para retirar uma coluna de concreto do local, operários tiveram que amarrar uma corda e içar o material

Um trabalho de limpeza está sendo realizado por equipes da Secretaria de Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma) em toda a extensão da galeria da avenida Gerasa, em Ipatinga. O trecho compreende quase cinco quilômetros, desde as granjas Vagalume até o Canaãzinho, passando ainda pelos bairros Bethânia e Canaã.

Na manhã desta sexta-feira (1º), os trabalhadores atuaram em frente à Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no Canaã, onde estava acumulada grande quantidade de entulho e o mato ganhou enormes proporções, situação que gerava obstruções e riscos para o período chuvoso que se avizinha, apontou a secretaria.

A limpeza começou no início desta semana. Da galeria foi retirada toda espécie de lixo e entulho. Até mesmo uma coluna de concreto foi encontrada no canal. Para retirá-la, os operários tiveram que amarrar uma corda e içar o material. O lixo encontrado e recolhido já gerou carga para dez caminhões.

O secretário de Serviços Urbanos e Meio Ambiente, Agnaldo Bicalho, explica que o serviço de limpeza faz parte de um cronograma que tem como objetivo limpar todos os córregos existentes no município, além de ser uma ação preventiva para o período chuvoso.

“É uma ação constante. Não só é feito o processo de limpeza como também são notificadas aquelas pessoas que acabam jogando lixo e entulho nas galerias e vias públicas. O trabalho também tem como objetivo a prevenção para o período chuvoso, a fim de evitar entupimentos, alagamentos e inundações”, disse.

O governo municipal pede que aqueles que presenciem o descarte irregular de lixo e entulho em galerias, córregos e vias públicas contribuam para a eficiência do serviço público acionando o telefone da Ouvidoria (156), com a garantia de preservação da identidade.

Saúde e bem-estar
A limpeza nos córregos, galerias e vias públicas em Ipatinga reforça o objetivo do governo no combate às doenças como a Dengue, Zika e Chikungunya. No ano passado, a taxa de incidência de arboviroses no município chegou a 765 casos para 100 mil habitantes. Os últimos dados da Secretaria Municipal de Saúde apontam que hoje são 18 casos para o mesmo grupo de habitantes.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Manuel 01 de Novembro, 2019 | 20:45
Sr secretário Agnaldo Bicalho e como fica a limpeza do nosso côrrego sentido fazendinha, santa clara...tem pneus..lixos...entulhos..etc..quando vai ser a lumpeza dele...limparam o da furquilha mas este não....

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO