Comerciante acusado de plantar maconha é preso

Ao cumprir mandado de prisão policiais encontraram ecstasy em estabelecimento de jovem investigado por plantar cannabis sativa

Divulgação


Ao cumprir mandado de prisão policiais também apreenderam porções de ecstasy
Atualizada às 16:18
Em cumprimento a um mandado de prisão expedido pelo juiz criminal da Comarca de Timóteo, policiais civis prenderam o comerciante V.J.C., de 27 anos. De posse da ordem judicial, os policiais foram à avenida Almir de Souza Ameno, no bairro Funcionários, onde encontraram, na noite de quarta-feira (30), dentro de um estabelecimento comercial o alvo da operação.

V.J. recebeu voz de prisão e os policiais, ao pegarem os documentos do preso, dentro de uma mochila, também encontraram um pote com 84 porções de ecstasy, droga sintética muito consumida por jovens, em festas, uma cartela de estimulante sexual de origem proibida e documentos que comprovam a propriedade da droga encontrada no sítio.
Com isso, além de responder pelo plantio de pés de cannabis sativa em uma estufa, no bairro Petrópolis, o jovem também responderá pelo tráfico da droga sintética.

O Diário do Aço apurou que o mandado de prisão deu-se pelo fato de o investigado ter passado a ameaçar pessoas que ele acredita ter feito a denúncia do cultivo das plantas, em um sítio, no bairro Petrópolis.

A plantação descoberta em um galpão se tratava de um complexo sistema de estufa para o cultivo de plantas modificadas para produzir o skank, uma variação da maconha mais pura que contém uma maior concentração de Tetrahidrocanabinol (THC), o princípio ativo da maconha.

A investigação é comandada pelo delegado de Polícia Civil Gustavo Cecílio, que participou da operação na noite de quarta-feira com os policiais civis Flávio Lucas, Marcos Rocha, Pedro Gonçalves, Jonatas Domingues, Raquel Silva e Aline Dias.

Já publicado:
Polícia encontra plantação de maconha em sitio do bairro Timóteo
Suspeito de cultivar maconha se apresenta em delegacia de Timóteo
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Mariana 02 de Novembro, 2019 | 09:05
A PM semprr fazendo seu trabalho protegendo o cidadao honesto de pessoas como esse q tem o nome protegido, e os bossos magistrados devolvendo o lixo p as ruas! Lamentavel! É bom os jornais mostrarem essas reportagens p o povo ficar alerta e cobrar dos nossos governantes!

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO