Enem PPL conta com mais de 40 mil inscritos

O estado de São Paulo registrou o maior número de inscrições

Divulgação


Cada unidade prisional ou socioeducativa tem um responsável pedagógico com a função de realizar e acompanhar as inscrições

Mais de 40 mil inscritos irão participar do Exame Nacional do Ensino Médio para adultos que cumprem Penas Privativas de Liberdade e jovens sob medida socioeducativa (Enem PPL), que acontece nos dias 10 e 11 de dezembro. Ao todo, foram 46.163 inscrições. O estado de São Paulo foi o que registrou o maior número de inscritos - 15.826.

Cada unidade prisional ou socioeducativa tem um responsável pedagógico com a função de realizar e acompanhar as inscrições, além de cuidar de outros processos referentes à realização do exame. O responsável também terá acesso aos resultados obtidos pelos participantes e pleiteará seu acesso no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e em outros programas de educação superior.

Sobre o PPL

O exame é constituído de redação e quatro provas objetivas com 45 questões de múltipla escolha. No primeiro dia serão aplicadas as provas de linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e ciências humanas e suas tecnologias. Neste dia, a aplicação terá cinco horas e meia de duração. Já no segundo momento, serão aplicadas as provas de ciências da natureza e matemática cuja aplicação terá cinco horas de duração.

Os participantes do Enem PPL que já concluíram ou concluirão o ensino médio ainda neste ano poderão utilizar o desempenho no exame para acesso à educação superior. Já os participantes que não estejam cursando ou não concluirão o ensino médio no ano letivo de 2019 só poderão utilizar os resultados individuais no exame para auto avaliação de conhecimentos.

*Matéria produzida com informações do Inep
Fonte: Bárbara Maria – Agência Educa Mais Brasil
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO