Professora vítima de tiro acidental é sepultada em Ipatinga

Em nota, governo municipal lamenta morte prematura de servidora da Secretaria de Educação em Ipatinga

Álbum pessoal


Vanderléia Pereira Lopes Campos, tinha 48 anos

Foi sepultado no fim de semana, no Cemitério Parque Senhora da Paz, em Ipatinga, o corpo da professora Vanderléia Pereira Lopes Campos, de 48 anos, vítima de um disparo acidental de arma de fogo no distrito de São Cândido, no município de Caratinga.

Testemunhas que presenciaram o fato relataram para a Polícia Militar que Vanderléia e o marido estavam no sítio da família, com outros parentes. O homem colocou um rifle calibre .22 artesanal sobre um veículo Fiat Uno, e enquanto retirava um latão de leite do carro, percebeu que a referida arma começou a cair.

As testemunhas disseram que o marido da vítima tentou pegar a arma antes que caísse ao chão, porém, no momento em que ele segurou a espingarda, ocorreu um disparo que acertou o abdome da mulher.

O próprio marido socorreu a vítima. Levada para o hospital Márcio Cunha, em Ipatinga, ela ficou internada de quarta-feira (16) até a noite de sexta-feira (18), quando seu quadro de saúde agravou-se e Vanderléia veio a óbito. O corpo foi sepultado no sábado (19), em meio a grande comoção.

Policiais militares de Ipatinga estiveram no local e apreenderam a arma. O homem não foi encontrado e o advogado informou que ele seria apresentado, posteriormente, na delegacia de Polícia Civil.

Repercute

Vanderléia Pereira Lopes Campos era servidora da Secretaria de Educação de Ipatinga e tinha sido diretora de uma escola da rede municipal. A sua morte gerou repercussão. Na página do Diário do Aço, na internet, há varias menções à professora. Entre elas, Ana Aline Nascimento escreveu:

"Que tristeza, não estou acreditando até agora. Ela foi minha professora e diretora. Excelente pessoa, amava as aulas dela. Que Deus conforte os corações dos familiares".

Nota de pesar

Em nota, o governo municipal de Ipatinga lamentou a morte da educadora. “A Administração Municipal de Ipatinga manifesta profundo pesar pelo precoce falecimento, ocorrido nesta sexta-feira (18), da servidora Vanderléia P. Lopes Campos, professora lotada na Escola Municipal Everson Magalhães Lage. Nossas condolências aos familiares, amigos e colegas de trabalho neste momento de profunda dor”, encerra a nota.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Cloves Antonio Guimaraes 22 de Outubro, 2019 | 08:26
em 2014 a vanderleia foi diretora da minha filha, era uma grande pessoa prestativa educada e competente, que deus a receba em seus braços e conforte todos os familiares e amigos
Ana Aline Nascimento 21 de Outubro, 2019 | 09:22
Que tristeza, não estou acreditando até agora ela foi minha professora e diretora excelente pessoa, amava as aulas dela que Deus conforte os corações dos familiares????

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO