Cruzeiro vence o Corinthians de virada no Itaquerão

Triunfo fora de casa tirou equipe celeste da zona de rebaixamento

Divulgação


Fred marcou o gol de empate no Itaquerão

Jogando fora de casa, o Cruzeiro conquistou outra importante vitória na noite deste sábado. A Raposa bateu o Corinthians por 2 a 1, de virada, na Arena Corinthians, em São Paulo-SP.

Os gols cruzeirenses no jogo, que foi válido pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro, foram marcados por Fred de pênalti, aos 33 minutos do primeiro tempo, e por Éderson, aos 25 da segunda etapa. Fagner foi o responsável por marcar o gol do Corinthians, o primeiro do jogo.

A vitória tirou o time da zona de rebaixamento, ao menos até segunda-feira, quando Ceará e CSA, adversários diretos na luta contra a degola, jogam. O Cruzeiro agora é o 16º colocado com 28 pontos.

O novo compromisso da Raposa será no próximo sábado, às 21h, contra o Fortaleza, do ex-treinador cruzeirense Rogério Ceni. A partida será no Mineirão.


A partida
Como visitante, o Cruzeiro iniciou o jogo exercendo uma forte marcação sobre a equipe adversária. A disposição também já se fez presente no ataque celeste logo nos primeiros minutos, com o time cinco estrelas chegando com frequência na defesa do Corinthians.

Com o jogo truncado, o primeiro lance de maior perigo aconteceu aos 24 minutos e foi do Cruzeiro. Marquinhos Gabriel chegou pela esquerda, cruzou rasteiro e Fred por muito pouco não abriu o placar do duelo. O camisa 9 se desvencilhou dos zagueiros e bateu para o gol, mas a bola passou perto da trave e acabou na linha de fundo.

Quando eram decorridos 33 minutos, o Corinthians chegou na área celeste com Danilo Avelar. Após cruzamento, a bola sobrou para Fagner, que bateu de primeira e abriu o placar para a equipe da casa.

Apenas um minuto depois, o Cruzeiro apareceu com perigo na área do Corinthians. Marquinhos Gabriel tentou cabecear em direção ao gol, mas a bola foi parada no braço de Bruno Méndez. Após revisão no VAR, o juiz marcou pênalti, que foi cobrado pelo atacante Fred, empatando o duelo.

A partida seguiu com boas chances estreladas. Destaque para Thiago Neves em duas delas. Aos 41 minutos, o meia cobrou falta forte, com o goleiro adversário precisando fazer um bom trabalho para impedir o gol cruzeirense. Já aos 43, TN10 mais uma vez se apresentou na área e tentou encobrir Walter de cabeça.

Etapa final
O segundo tempo começou como o início do primeiro, com o Cruzeiro exercendo poder de marcação. O goleiro Fábio mostrou mais uma vez o motivo de ser considerado um dos maiores ídolos da história celeste, efetuando uma belíssima defesa aos 5 minutos após chute de Pedrinho.

O confronto seguiu com boas disputas de ambas as equipes no meio de campo. Aos 22 minutos, Thiago Neves chegou livre, bateu de canhota a bola, que teve desvio no zagueiro adversário e quase enganou o goleiro Walter.

Em um lance estranho, Éderson saiu sozinho em direção ao gol aos 25 minutos. Em situação que parecia de impedimento, foi constatado que a bola foi desviada por Fagner e sobrou para o camisa 15 celeste, que tranquilamente ampliou o placar.

O duelo seguiu com o Cruzeiro controlando o jogo, sem dar chances para a equipe da casa e garantindo a vitória cinco estrelas.

Corinthians: Walter; Fagner, Marllon, Bruno Méndez e Danilo Avellar; Ralf, Sornoza (Jadson), Mateus Vital (Vagner Love) e Pedrinho (Clayson); Janderson e Gustavo. Técnico: Fábio Carille

Cruzeiro: Fábio; Orejuela, Dedé (Cacá), Fabrício Bruno e Egídio; Henrique, Éderson, Robinho (Ariel Cabral) e Marquinhos Gabriel; Thiago Neves e Fred (Joel) - Técnico: Abel Braga
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO