Joice Hasselmann é destituída do cargo de líder do Governo no Congresso

O posto da deputada federal será ocupado pelo senador Eduardo Gomes (MDB-TO)

Valter Campanato/Agência Brasil


Deputada federal foi retirada do posto depois de não apoiar Eduardo Bolsonaro como novo líder do PSL na Câmara

Na tarde desta quinta-feira (17), Presidência da República confirmou a saída de Joice Hasselmann (PSL-SP) do posto de líder do Governo no Congresso Nacional. O posto da deputada federal será ocupado pelo senador Eduardo Gomes (MDB-TO).

A destituição de Joice do cargo ocorre após ela assinar lista apoiando a permanência do líder do PSL, Delegado Waldir (GO), no cargo. Ele conseguiu se manter após articulação da família Bolsonaro para colocar o deputado federal e filho do presidente, Eduardo Bolsonaro, como líder do partido na Casa.

Segundo pulicado na coluna de Mônica Bergamo na folha, Joice Hasselmann que está feliz com a decisão. “Eu ganho uma carta de alforria. Graças a Deus!”, afirmou a deputada, dizendo que não foi comunicada da decisão. “Passei esse tempo todo servindo ao governo de forma leal. Ele [Eduardo Bolsonaro] é desagregador. Mas quando o governo quer dar tiro no pé, fazer o quê? Eu, para proteger o presidente, não entrei nisso. Não poderia colocar a minha assinatura numa loucura dessa. Mas porque eu assinei a lista de apoio ao [Delegado] Waldir, vem essa retaliação”.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Taurus 19 de Outubro, 2019 | 11:00
Eu só observo!!! Enquanto o bozó falou que iria acabar com o PT, está acabando é com PSL, e tudo por causa do mimadinho!!!!????

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO