Por causa de pornografia infantil homem é preso pela PF

Uma operação da Polícia Federal prendeu nesta quinta-feira (17), um adulto de 29 anos, por armazenamento de arquivos de pornografia infantil. Ele foi preso em sua casa, em Conselheiro Lafaiete. A ação ocorreu durante a Operação Pega-Pega IV, que combate a produção, armazenamento e divulgação na internet de imagens e vídeos de exploração sexual de crianças e adolescentes. 

No total, dez policiais federais cumpriram quatro mandados de busca e apreensão em Conselheiro Lafaiete, Sete Lagoas, Santa Maria de Itabira e Belo Horizonte, todos expedidos pela 35ª Vara  Federal da capital. 

Conforme nota da PF, “uma parte da investigação foi iniciada por volta de maio deste ano, a partir de relatórios produzidos por unidade especializada da Polícia Federal, que identificaram dois usuários de aplicativo de mensagens que realizaram a transmissão de arquivos com conteúdo de abuso sexual infantojuvenil”.

A nota acrescenta que, “outra parte da investigação teve início por meio de monitoramentos, por meio do qual foi possível se identificar dois usuários de internet que baixavam e compartilhavam arquivos com esse tipo de conteúdo ilícito”.

Os policiais apreenderam notebooks, computadores e HDs, que podem ter sido usados nas condutas criminosas. Eles serão submetidos a perícia para verificar a existência de armazenamento e compartilhamento de pornografia infantil. A PF não divulgou os nomes dos investigados.

Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Hans 17 de Outubro, 2019 | 13:08
É muito branda a pena para esse individuos que abusam usam de crianças e menores de idade.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO