Produção de mel em Dionísio

Apicultores participam de curso para aprimorar produção de mel

Fotos: Divulgação/ACS FR


Produtores receberam aulas sobre a produção sustentável na apicultura
Produtores do município mineiro de Dionísio, no Vale do Aço, participaram recentemente de um curso de apicultura em que tiveram a chance de aprender ou aprimorar seus conhecimentos sobre o trabalho com abelhas. Promovido pela Fundação Renova em parceria com a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater).

Comunidades da sede de Dionísio e do distrito de Baixa Verde participaram dos dois dias de curso e receberam orientações sobre criação de abelhas para a produção de mel, pólen, geleia real ou própolis. O evento faz parte do Programa de Retomada das Atividades Agropecuárias, cujo principal objetivo é contribuir com o desenvolvimento integrado dos territórios impactados pelo rompimento da barragem de Fundão.

“Queremos dar suporte aos produtores rurais para que eles retomem suas atividades no campo de forma sustentável”, diz o especialista ambiental Rodrigo Bruschi.

Fotos: Divulgação/ACS FR


Objetivo do curso é aumentar a produção de mel, própolis e cera
Além da troca de saberes, os principais resultados esperados são a melhoria da prática de apicultura e o aumento do número de produtores na região. Nilton Martins, extensionista agropecuário da Emater que ministrou o curso, destaca a intenção de aumentar a produtividade local. “Como consequência do bom trabalho de criação das abelhas, esperamos ver crescer a produção de mel, própolis e cera”, diz.

Sudário Gomes, presidente da Associação de Moradores de Baixa Verde, diz que a maior parte dos participantes teve o primeiro contato com o universo da apicultura durante o curso. “É uma chance das pessoas da comunidade aumentarem a renda”, afirma.

Ainda atuando em parceria com a Emater, a Fundação Renova promoveu cursos de fruticultura em setembro nos municípios de Santana do Paraíso e Ipaba. Antes, já haviam sido realizados cursos de Avicultura Caipira para moradores de Sem-Peixe, Rio Casca e Naque, além dos distritos de Cachoeira Escura (Belo Oriente), Pedra Corrida e Assentamento Liberdade (Periquito). Também foi realizado o curso de Horticultura em Messias Gomes, comunidade de São José do Goiabal.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO