Recadastramento para garantir isenção ou redução do IPTU ainda é baixo em Timóteo

A atualização do cadastro é feita a cada dois anos, desta forma quem atualizou o cadastro em 2018 não precisa renovar

Divulgação


Quem tem direito ao benefício em Timóteo deve fazer o recadastramento na Praça Cidadã ou no posto da Receita na Rodoviária

Os proprietários de imóveis que têm direito à isenção ou redução do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) devem fazer o recadastramento junto à Prefeitura de Timóteo para terem o benefício no ano de 2020/2021. O benefício é concedido para aposentados, pensionistas, viúvos que recebam até o valor de R$ 5.839,45, desempregados há mais de um ano - cuja renda mensal no período em que estava empregado não ultrapasse a R$ 4.245,00 - e pessoas cadastradas no CADÚnico. O recadastramento foi iniciado no mês de setembro e será encerrado no dia 13 de dezembro, informa a administração municipal.

A atualização do cadastro é feita a cada dois anos, desta forma quem atualizou o cadastro em 2018 não precisa renovar. “Anualmente, a Prefeitura promove o recadastramento fornecendo um prazo amplo para que os contribuintes que tenham direito ao benefício possam renovar sem enfrentar filas. O processo de atualização do cadastro iniciou em setembro, mas, infelizmente, a procura ainda é pequena”, informou a gerente da Receita da Secretaria de Fazenda, Roseane Ribeiro, fazendo o apelo para que os beneficiários não deixem para recadastrar na última hora.

O recadastramento dos contribuintes com direito à isenção ou redução deve ser feito na Praça Cidadã (av. Acesita, 3230, São José) ou no posto da Receita no Terminal Rodoviário (Centro Norte). Os documentos necessários para a atualização cadastral podem ser acessados no site da Prefeitura de Timóteo.

Procuração simples
No caso de idosos, cadeirantes, pessoas acamadas ou com dificuldade de locomoção, a solicitação pode ser feita por um representante com uma procuração simples (pode ser escrita de próprio punho) e uma cópia de um documento com foto do titular do imóvel. A ausência de qualquer documento impede a abertura do processo de concessão do benefício, alerta o governo municipal. Mais informações pelo telefone (31) 3847-4727/4739.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO