Secretaria de Saúde rebate informações sobre internações por efeito de poluição em Ipatinga

Com relação aos números divulgados nos últimos dias por veículos de comunicação do país, relacionados a internações por doenças respiratórias em Ipatinga nos dois últimos anos, a partir de dados fornecidos pela Secretaria Municipal de Saúde, a prefeitura vem esclarecer o seguinte:

1 – É equivocada a informação tornada pública de que o número de internações referente à população de Ipatinga, por problemas respiratórios, seria cinco vezes superior à média nacional.

2 – Os números de internações relativos especificamente à população residente em Ipatinga, em decorrência da causa mencionada, estão abaixo da média nacional informada por um dos veículos, que foi de 560 para cada 100 mil habitantes em 2018, como detalha a seguir a Secretaria Municipal de Saúde, divulgando estatísticas oficiais de quatro anos consecutivos(*):

ANO INTERNAÇÕES MÉDIA/100 MIL HAB
2015 1.048 415
2016 1.063 416
2017 877 340
2018 1.318 505

*Fonte: DataSUS

3 – No ano de 2019, em levantamento realizado referente ao período de seis meses (janeiro a junho), as internações dos residentes em Ipatinga em decorrência de problemas respiratórios somam 683, e a média anual para cada 100 mil habitantes se mantém em 518, ainda abaixo da média nacional, que é de 560.

4 – É importante ressaltar que, por questão de pactuação, a rede de saúde de Ipatinga atende, além da população da cidade, outros 34 municípios inseridos na Macrorregião de Saúde, com um público total estimado de 800 mil pessoas;

5 – Os dados inicialmente fornecidos pela Secretaria Municipal de Saúde, conforme solicitado pelos veículos, referem-se às internações EM IPATINGA, por problemas respiratórios, considerando toda a demanda da Macrorregião e não apenas da cidade. (Secretaria Municipal de Comunicação / Prefeitura Municipal de Ipatinga)


Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO