Funcionários da prefeitura de Caratinga são presos por furto de material escolar

Conforme a investigação da Polícia Civil, o casal desviava materiais escolares, de limpeza e carnes que seriam distribuídos nas escolas do município

Divulgação PCMG


Servidores públicos são investigados pela Polícia Civil por desvio de diversos produtos que deveriam abastecer escolas públicas

Um homem de 47 anos e uma mulher, de 43, foram presos na manhã desta quinta-feira (10) por desviar materiais destinados à Educação, em Caratinga. Ambos eram servidores públicos e moravam no bairro Esplanada. N.C.M. era vigia da Escola Municipal Dona Glorinha Rocha Abelha e G.G.C.M. era auxiliar de serviços gerais na Superintendência de Cultura.

Conforme a investigação da Polícia Civil, o casal desviava materiais escolares, de limpeza e carnes que seriam distribuídos nas escolas do município. O casal chegou a comprar um freezer para armazenar as carnes que eram furtadas da despensa pública.

Em nota, a Secretaria de Educação de Caratinga, divulgou informando que, em nome do seu representante, reitera que tomou conhecimento do crime apenas nesta quinta-feira. “A Prefeitura não compactua com o ocorrido. Nós estamos à disposição para ajudar nas investigações. Queremos que a Polícia Civil nos encaminhe o resultado para iniciarmos as investigações internas. Será feita uma auditoria para saber o tamanho do prejuízo aos cofres públicos”, afirmou o Secretário de Educação, Diego Oliveira. O secretário acrescentou que os dois suspeitos são funcionários contratados pelo município de Caratinga.

O caso segue em apuração e a Polícia Civil não descarta a prisão de outros envolvidos no esquema. O vigia e a auxiliar de serviços responderão pelo crime de peculato, furto de energia e por organização criminosa.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Cidadão Indignado 11 de Outubro, 2019 | 11:43
Furto de energia? O freezer estava dentro da escola? Funcionários contratados? Não existe concurso pra essas bandas não? Este é o problema de cargo indicado nas prefeituras do nosso Brasil!
Hugo Leonardo Ribeiro Alves 11 de Outubro, 2019 | 07:56
Olá, bom dia! Que coisa! Estão pensando que roubar é bom valor. Os valores estão invertidos. Ainda bem que a justiça foi feita. A Polícia civil está de parabéns!

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO