Sobe para 19 número de mortos no incêndio de hospital no Rio

Dos 103 pacientes atingidos no incêndio e atendidos em hospitais das redes pública e particular, 19 morreram, 20 permanecem internados e dos 21 acompanhantes feridos, cinco continuam internados

Subiu para 19 o número de mortos no incêndio no Hospital Badim, no bairro do Maracanã, no dia 12 de setembro deste ano. A décima nova vítima é uma paciente de 65 anos, que tinha sido transferida para o Hospital Quinta d’Or no dia do incêndio. O corpo da paciente, que morreu nesta quarta-feira (9), será encaminhado para o Instituto Médico-Legal (ML) Afrânio Peixoto para ser necropsiado.

O Hospital Badim aguarda resultado do laudo da necrópsia para identificar se houve correlação com o incêndio. Ontem (8), um homem de 77 anos morreu no Hospital Quinta d’Or, para onde foi transferido no dia do incêndio.

Dos 103 pacientes atingidos no incêndio e atendidos em hospitais das redes pública e particular, 19 morreram, 20 permanecem internados e dos 21 acompanhantes feridos, cinco continuam internados.

Em nota, a assessoria do Hospital Badim informou que, diariamente, a equipe médica acompanha a evolução do quadro clínico dos pacientes, colaboradores e familiares que deram entrada nas unidades de saúde em consequência do incêndio. "Reforçamos que a maior parte dos pacientes segue internada para a continuidade do tratamento das patologias que motivaram suas admissões no Hospital Badim”, diz a nota do hospital. (Douglas Corrêa - Repórter da Agência Brasil)
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO