Contratações temporárias podem ser oportunidade no fim de ano

Dia das Crianças e Natal geram expectativa entre empresários, que vislumbram movimentação no comércio

Tiago Araújo


O fim do ano é um dos períodos mais aguardados no comércio de Ipatinga

O último trimestre do ano deve gerar vagas temporárias de emprego no comércio. Uma pesquisa realizada em todas as regiões do país pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) estima que aproximadamente 103 mil vagas serão abertas até dezembro — um aumento de 43,8 mil postos de trabalho em relação ao previsto ano passado. Em Ipatinga, o presidente da Associação Comercial, Industrial, Agropecuária e de Prestação de Serviços de Ipatinga (Aciapi), Cláudio Zambaldi, pontua que o momento é de otimismo para essas contratações, já que o cenário do segundo semestre tem sido positivo.

Na Loja Império a movimentação já começou. “Tradicionalmente contratamos pessoas para o fim do ano. Inclusive contratei três esse mês e isso ocorre de acordo com a necessidade. O Dia das Crianças já atrai mais clientes, em razão de nosso mix de produtos incluir brinquedos, além de vestuário, calçados, cama, mesa e banho e vários outros itens. Para os últimos meses do ano, nossa expectativa é sim de crescimento e possivelmente novos funcionários”, disse a gerente Fabiane Ferreira.

A pesquisa da CNDL e do SPC Brasil mostra que a maior parte (48%) dos empresários consultados deve contratar mais este ano do que no ano passado, enquanto 37% planejam abrir o mesmo número de vagas. Apenas 9% pretendem contratar menos funcionários. Considerando os que irão ampliar o quadro, 41% acreditam que a perspectiva de retomada da economia deve refletir no aumento das vendas — um crescimento de 30 pontos percentuais em relação a 2018. Para 39%, a intenção é suprir a demanda para vender mais e 17% acreditam ser necessário investir na qualidade do atendimento.

A proprietária da loja Flags/Realce, Miriam Lamounier, observa que o movimento do comércio deve crescer a partir deste mês. “Nossos produtos são de qualidade e esperamos sim que as vendas sejam alavancadas. Temos um quadro fixo de vendedores e costumamos contratar pessoas para auxiliar no estoque e dar um suporte para esse período de maior movimento”, explica.

Associação
Cláudio Zambaldi salienta que no mês de outubro as empresas já começam a fazer contratações temporárias para o fim do ano, em razão do Dia das Crianças. Em novembro há um “esquenta”, por causa do pagamento da primeira parcela do 13º salário, que injeta dinheiro no comércio local. “É nesse ciclo de 90 dias que novas oportunidades podem surgir para o trabalhador. Geralmente o empresário tem que qualificar essa mão de obra, pois, muitas vezes, esse é o primeiro emprego da pessoa. É necessário preparar essa equipe para atender bem e obter resultados. A associação comercial é uma grande parceira nisso, por meio dos cursos de qualificação que realizamos em nossa sede. Esse emprego temporário pode se tornar definitivo, se aquela pessoa entrar, vestir a camisa da empresa e gerar resultados, pode vir a se tornar efetiva, já vimos isso em outros anos”, recorda o presidente da Aciapi.

O dirigente está otimista com essas contratações, porque o cenário do segundo semestre vem mostrando resultados mais positivos. “Estamos vendo o governo, em todas as esferas, se movimentando. Ipatinga está vivendo um momento muito bom, com funcionários públicos aposentados recebendo em dia, assim como os da ativa. É um momento melhor do que vivemos há dois ou três anos. O comércio tem se preparado ao longo desses anos, buscando trazer para o mercado produtos alinhados ao custo benefício que o consumidor tem almejado. Sobre o movimento de vendas, dezembro ainda é o principal mês e todos os empresários se preparam para o Natal, para que tenhamos um melhor resultado. Nesta data são feitas promoções para o consumidor e o empresário consegue dobrar suas vendas em relação a qualquer data comemorativa”, concluiu Cláudio Zambaldi. (Repórter - Bruna Lage)
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO