Jovem é atropelado e depois executado a tiros no Caladão

Três criminosos participaram do assassinato de Breno Junio Silva Evangelista

Reprodução


Breno foi atropelado no bairro Caladão e morto a tiros em seguida

Com atualização de dados às 23h48
A polícia de Coronel Fabriciano apura um violento homicídio em quem um jovem foi atropelado pelos criminosos e, caído no chão, já ferido, foi executado a tiros. Três indivíduos participaram do assassinato.

O crime foi registrado por volta de 17h, de domingo (6) na avenida Ike, na entrada do bairro Caladão, em Coronel Fabriciano, conforme apurou o Diário do Aço.

Testemunhas relataram que um Ford Versailles e um ciclista trafegavam no mesmo sentido pela rua Ike, sentido ao bairro Manoel Maia. Em determinado momento, o condutor do Versailles acelerou o veículo e atingiu o ciclista, posteriormente identificado como Breno Junio Silva Evangelista, o Breninho, de 21 anos, morador do bairro Manoel Maia.

Com o impacto, o ciclista foi arremessado sobre o para-brisa do automóvel e caiu no canto da via pública. O condutor passou pelo local, mas parou logo à frente. Os ocupantes desembarcaram e dois deles até o ciclista caído no asfalto e contra ele efetuaram diversos disparos de arma de fogo.

O motorista do primeiro carro, de posse de uma arma de fogo, rendeu a condutora de um Fiat Uno Mile e determinou que que ela parasse e desembarcasse, o que foi feito por ela e o marido, passageiro do carro.

Os dois homens que tinham ido executar a tiros a vítima do atropelamento voltaram e embarcaram no Fiat Uno, no qual fugiram sentido ao bairro Manoel Maia.

A perícia da Polícia Civil foi chamada ao local do crime e recolheu junto ao corpo um cartucho picotado, de munição calibre 380 e mais dois projéteis. No local foi abandonado o Ford Versailles. No seu interior foram recolhidos dois bonés e um pen drive.

Equipes da Polícia Militar saíram em busca aos criminosos e uma equipe cercou o Fiat Uno na Estrada da Amizade. Lá os criminosos abandonaram o Fiat e mantiveram fuga a pé. Na pressa de fugir, deixaram para trás um carregador de munição para pistola. O caso ainda é apurado.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Maria 12 de Outubro, 2019 | 22:15
Esta na cara que é guerra entre santa cruz e caladao! Aff
Tião Aranha 08 de Outubro, 2019 | 09:38
Bil gates tinha razão, robotizadas as indústrias da era Ford o homem será substituído pelo computador, com o desemprego, despreparados, muitos jovens ociosos partem para a droga ou suicídio. É só fazer a pesquisa. A solução é o jovem estudar, ter um bom inglês e ser polivalente no que tange às profissões. Qual é o projeto político que o seu candidato a vereador tem pra geração de empregos. É a pergunta do momento. Ou é só pensar conseguir vencer a próxima eleição? Ou a fase de juventude se resume somente em zoeira? É preciso desmistificar. Fica a pergunta no ar, pro senhor colunista. E pra quem conseguir responder. Algo precisa ser feito pra ontem. Agora até o Papa se embrenha na política dando pitaco na farsa das queimadas da Amazônia montada pela esquerda com o objetivo de desestabilizar um governo da direita. Religiosos católicos, muçulmanos e protestantes deveriam se unir na questão dos jovens já que dois terço s da humanidade está condenada a passar fome. O PIB das nações não acompanha o crescimento demográfico.
Zoio de Zoiar 07 de Outubro, 2019 | 11:44
Se puxar a capivara desse individuo, pode ter certeza ,que já foi envolvido com trafico de drogas ou rixa de gangue entre Manoel Maia e Santa Cruz. A juventude esta anestesiada em ser vida loka, mas esquecem que vivem pouco tempo.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO