Qual é o tênis?

Pisando do jeito certo e com elegância para manter a saúde em dia

GB Imagem/Divulgação


O tênis é um dos mais importantes aliados e deve ser adequado às necessidades individuais. Fale com o ortopedista!
Falar de tênis e de dores nos pés também tem a ver com beleza e bem-estar, porque tênis lembra movimento, caminhada e exercício físico, o que é muito bom. No entanto, é preciso alguns cuidados.

Antes de usar aquele seu velho tênis há muito guardado no armário, por exemplo, é preciso ver se ele está em bom estado ou se é indicado para a atividade que você quer. E se for comprar um tênis novo, contenha a tentação de comprar um baratinho.

Encontrados em camelôs pelo Brasil afora, os “piratas” são baratos, mas podem custar caro para a saúde, causando desde bolhas nos pés até lesões graves, já que na maioria das vezes sua forma não é apropriada e as matérias-primas utilizadas são de baixa qualidade.

Antes de tudo, o tênis deve ser confortável. Não compre apenas porque ele é bonito. Para caminhada e corrida, por exemplo, é preciso verificar o solado do tênis, o sistema de amortecimento e o tipo de pisada de cada pessoa.

O calçado errado pode causar danos à saúde, de bolhas e unhas encravadas até casos mais graves, como entorses e lesões no tornozelo, tendão-de-Aquiles, joelhos e quadril.

Muitos começam a se exercitar por conta própria, em atividades leves como a caminhada, achando que estão agindo corretamente. No entanto, caminhar gera impacto sobre os pés, cada pé suporta uma massa equivalente ao peso do indivíduo multiplicado por 1,19.

GB Imagem/Divulgação


Movimentar o corpo faz bem para a beleza, saúde e bem-estar. Escolha a roupa e tênis adequados para cada atividade física
Em ritmo lento, os pés de uma pessoa de 80 quilos, por exemplo, sustentam 95,2 kg. Em passadas mais intensas, o impacto aumenta duas a três vezes e as articulações suportam, então, de 160 a 240 kg. Os tênis diminuem esse impacto no solo, por meio de sistemas de amortecimento.

Nos tênis falsificados, os amortecedores de impacto são feitos de plástico e pouco flexíveis, todo o impacto no solo é transmitido para as articulações do pé, aumentando o risco de fraturas. Por isso a importância de comprar tênis de qualidade, em lojas legalizadas.

Para evitar lesões, é aconselhável fazer um exame clínico acurado com um ortopedista, para atestar as condições dos seus pés, quadris e joelhos. E deve ainda fazer o teste de pisada, que já é oferecido em muitas lojas de artigos esportivos.

Nossa pisada pode ser pronada (a parte interna do pé toca primeiro o solo), supinada (o toque no chão acontece primeiro do lado externo do pé) ou neutra (o pé toca o solo em linha reta até a elevação do dedão).

Este é um exame clínico indispensável, pois se a pessoa tiver algum problema e precise corrigir a pisada, deverá usar um calçado específico ou palmilhas ortopédicas, que podem ser colocadas no tênis.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO