Alunos fazem passeata no Macuco em protesto contra incêndios florestais

A diretora da escola, Carmem Lúcia Mendes Almeida, informou que as queimadas irregulares têm prejudicado à população e, particularmente, os alunos

Divulgação


As queimadas, como a que atingiu o Parque Estadual do Rio Doce, têm prejudicado a população do Vale do Aço

Os alunos da Escola Municipal Clarindo Carlos Miranda irão para as ruas nesta sexta-feira (4), às 8h, pela preservação do meio ambiente e em protesto contra os incêndios florestais. Conforme a administração de Timóteo, a passeata a favor da natureza reunirá 14 turmas da educação infantil e do ensino fundamental da escola, que fica localizada no bairro Macuco.

A diretora da escola, Carmem Lúcia Mendes Almeida, informou que as queimadas irregulares têm prejudicado à população e, particularmente, os alunos. “Em função da poluição decorrente dos incêndios florestais, algumas crianças ficaram impossibilitadas de frequentarem as aulas por causa de problemas respiratórios”, revela. No mês passado, uma área da mata atlântica no Parque Estadual do Rio Doce, próxima aos bairros Alphaville e Macuco, foi atingida pelos incêndios.

A passeata contará com o apoio da Subsecretaria de Meio Ambiente de Timóteo. Os alunos sairão da sede da escola e percorrerão as principais vias do bairro até o portal do Parque Estadual do Rio Doce. A médio prazo, a diretora informa que pretende montar um pequeno viveiro de mudas no educandário para a realização do plantio em áreas degradadas próximas à escola.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO