Orquestra de Viola Caipira em Timóteo

Espetáculo “Viola Minha Terra” irá a Santana do Paraíso ainda este mês

Divulgação


O maestro Mariano é o regente da Orquestra de Viola
O espetáculo “Viola Minha Terra”, da Orquestra de Viola Caipira do Vale do Aço, será mostrado nesta sexta-feira (4), às 20h, no Coreto da Praça 1º de Maio, em Timóteo. O projeto tem o apoio do Instituto Usiminas, Prefeitura de Timóteo e Associação de Amigos da Cultura (Assamic). A produção é de Fino Trato Produção Cultural.

A apresentação integra o projeto que está circulando por cinco municípios desde agosto, para resgatar a cultura caipira com o melhor da música sertaneja de raiz. Timóteo é a quarta cidade a receber o show, e Santana do Paraíso vai receber a apresentação ainda neste mês. O show também foi mostrado em Ipatinga, Antônio Dias e Periquito.

De acordo com o regente da Orquestra de Viola Caipira, maestro Mariano de Melo, o espetáculo “Viola Minha Terra” mostra a riqueza da cultura sertaneja. “Com 25 músicos no palco, reverenciamos a cultura caipira e música sertaneja de raiz, promovendo a viola caipira como meio de apresentar os saberes populares”, conta Mariano.

Divulgação


A orquestra têm músicos de diversas faixas de idade
A primeira Orquestra de Viola Caipira do Leste de Minas Gerais foi criada em Ipatinga em 2012, pelo maestro Mariano de Melo, como uma iniciativa musical de preservação e divulgação da cultura popular, visando o resgate da viola caipira.

No repertório do grupo estão toadas, cururus, guarânias, cateretês e outros ritmos de viola. Seus espetáculos musicais a deixam em evidência no cenário cultural mineiro, como articuladora da cultura caipira ligada à viola e se consolida como.

SERVIÇO:
Espetáculo Viola Minha Terra
Orquestra de Viola Caipira do Vale do Aço
Sexta-feira (4) - 20h
Praça 1º de Maio (Coreto) - Timóteo.
Entrada gratuita.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO