Diesel fica 4,2% mais caro e gasolina sobe 3,5%

No começo da semana estatal anunciou que aguardaria o preço no mercado internacional se estabilizar

Com a disparada no preço do petróleo no mercado internacional, a Petrobras anunciou nesta quarta-feira o reajuste nos preços dos combustíveis.

Conforme anúncio, o aumento de 3,5% na gasolina e 4,2% no diesel começa a valer nesta quinta-feira nas refinarias.

Na segunda-feira a Petrobras havia informado que nenhuma alta ocorreria até que os valores no mercado externo tivessem acomodado.

O preço do combustível cobrado pela Petrobras equivale a aproximadamente 30% do preço que o consumidor paga nas bombas ao abastecer com gasolina e 50% do diesel. Depois que saem das refinarias incidem sobre o valor, o frete, impostos da União e dos Estados e o lucro dos revendedores.

Crise no Oriente Médio

Desde o começo da semana o mercado especulava sobre os efeitos da crise provocada por ataques, no fim semana, à infraestrutura petroleiras na Arábia Saudita.

Como efeito prático desse movimento,postos que revendiam combustíveis a preços promocionais suspenderam as promoções o que já mostrava aumento nas bombas.

O governo dos Estados Unidos atribuiu ataques aéreos com dtones ao Irã, que nega a autoria. Os estragos levaram ao corte de metade da produção do maior exportador mundial do óleo e a disparada nos preços internacionais do petróleo já era esperada.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO