Casas são alvo de criminosos no bairro Bom Jardim

Bandidos entraram nas residências e roubaram dinheiro, joias e outros pertences das vítimas

A Polícia Militar registrou um assalto na rua Rosa Vermelha, no bairro Bom Jardim, em Ipatinga. Os criminosos entram em duas casas e roubaram dinheiro e outros objetos das vítimas, todas rendidas na ação criminosa. As pessoas informaram para a Polícia Militar que os bandidos estavam atrás de um cofre, porque possivelmente receberam alguma informação privilegiada. Era um equívoco, a casa não tinha nenhum cofre.

Os criminosos pularam o muro de uma das casas e renderam uma mulher de 48 anos, no início da tarde de terça-feira (17). Em seguida passaram a exigir que a vítima mostrasse onde estaria um cofre, pois sabiam que o imóvel era do proprietário de um ponto de mototaxi. Eles reviraram toda residência, mas não encontraram o que procuravam. Decidiram então roubar R$ 500, perfumes, aliança e um telefone celular.

Os assaltantes estavam com camisas para encobrir o rosto e desistiram de levar um aparelho de TV e um de DVD. Na fuga, invadiram outra casa e perguntaram a uma moradora de 18 anos se ali morava o proprietário do ponto de mototáxi. Eles roubaram um relógio e três anéis da jovem. Os criminosos desapareceram e não foram encontrados até o momento pela Polícia Militar que registrou a ocorrência.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Roberto 19 de Setembro, 2019 | 17:07
É vdd Bolsonaro kkkkk , cadê os bandidos q falam q são" bicham "( cabuloso ) , deixando esse vacilo no bairro. Lero lero. Kkkkk
Bolsonaro 18 de Setembro, 2019 | 23:57
Só aí mesmo
Nunca vi ladrão roubando em área de tráfico .
tráfico não gosta de ladrão
esses vagabundos daí são umas chupetas kkkk

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO