Picape roubada e clonada é apreendida pela PM Rodoviária

Condutor conseguiu escapar, mas abandonou o veículo que havia sido roubado em 2015, na Capital Mineira

Wellington Fred


A picape clonada havia sido roubada em Belo Horizonte no ano de 2015

Uma equipe da Polícia Militar Rodoviária (PRv) apreendeu uma picape que havia sido tomada em um assalto praticado em 2015, em Belo Horizonte. O veículo estava clonado, ou seja, usava uma placa de picape de igual modelo em circulação, para não atrair a atenção dos policiais. O motorista conseguiu escapar e abandonou a Fiat Strada no Morro do Sossego, no bairro Veneza I.

Os PMs rodoviários avistaram, na noite de terça-feira (17), uma picape cujo motorista, ao notar que seria abordado, aumentou a velocidade pela avenida Pedro Linhares Gomes, trecho urbano da BR-381 em Ipatinga, e passou por alguns bairros. A equipe do sargento Gonçalves acompanhou o condutor em fuga. Na tentativa de escapar, ameaçou a segurança dos demais usuários das vias públicas.

O fugitivo seguiu para o Morro do Sossego, no bairro Veneza I e, ao notar que estava cercado por outras equipes da PM, do 14º Batalhão, em apoio aos colegas rodoviários, abandonou a picape na rua da Restauração. O desconhecido conseguiu escapar passando por alguns becos e vielas da comunidade.

Na verificação da Fiat Strada apurou-se que a identificação pertencia a um veículo de uma locadora de veículos. Os bandidos clonaram a Strada, fato que se confirmou pelo número do chassi. A picape havia sido roubada em 2015, em Belo Horizonte, e a placa verdadeira tinha sido removida.

A Strada recuperada foi encaminhada para o pátio credenciado pelo Detran e recolhidas no interior do veículo chaves e um telefone celular. O caso foi registrado pelos policiais do Grupo Tático Rodoviário (GTR) e a ocorrência entregue no plantão da 1ª Delegacia Regional de Ipatinga.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

MAIS FOTOS

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO