Estacionamento rotativo no bairro Canaã poderá ter mais vagas

Conforme o secretário, após ser implantado no Centro, Cidade Nobre e Horto, o Canaã é o quarto e último bairro de Ipatinga a receber o estacionamento rotativo

Divulgação


Durante reunião com os presidentes da Aciapi-CDL, o secretário do Sesuma informou que estacionamento no Canaã começará a ser cobrado no dia 30

A Associação, Comercial, Industrial, Agropecuária e de Prestação de Serviços de Ipatinga (Aciapi) e Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Ipatinga receberam, na manhã desta segunda-feira (16), o secretário municipal de Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma), Agnaldo Bicalho, e o diretor do Departamento de Trânsito, Tayrone Lagares. O encontro serviu para discutir a expansão do estacionamento rotativo no bairro Canaã, que ainda está em fase de implantação. Esse pedido foi feito por lojistas e empresários do bairro.

Conforme o secretário, após ser implantado no Centro, Cidade Nobre e Horto, o Canaã é o quarto e último bairro de Ipatinga a receber o estacionamento rotativo, de acordo com a legislação e licitação, sendo que a previsão de cobrança no Canaã é a partir do dia 30 deste mês, quando terminará a campanha educativa. “Recebemos, por meio da Aciapi-CDL, uma solicitação de comerciantes, de um pequeno trecho que não seria atendido com o rotativo, para que tivesse mais 50 vagas demarcadas. O trecho é entre o fim da avenida Selim José de Sales até a Praça da Maçonaria. Com isso, no total, passaria de 690 para 740 vagas”, informou.

Balanço
Na reunião, o secretário também aproveitou para fazer um balanço do estacionamento rotativo, que teve início em março deste ano, no Centro de Ipatinga. “Nos primeiros três meses de funcionamento, o sistema arrecadou para os cofres do município o valor de R$ 219.093,52. Esses recursos foram revertidos em sinalização de trânsito. Então essa é uma receita importante para Ipatinga. Vale destacar que o município arrecada cerca de 40%, enquanto a empresa Central Park fica com 60% da arrecadação”, informou.

Geração de emprego
Agnaldo Bicalho ressaltou que além do sistema rotativo beneficiar a administração municipal, lojistas e clientes, ainda há geração de emprego e renda na cidade. “A empresa conta com quase 40 funcionários, da região, que trabalham diariamente no sistema do estacionamento. Ou seja, são 40 famílias sendo beneficiadas com esses empregos”, salientou.

Retorno positivo
Segundo o presidente da Aciapi, Cláudio Zambaldi, o estacionamento rotativo é um tema antigo, que já era discutido entre a Aciapi-CDL e o poder público, com o intuito que fosse regularizado na cidade. “Na última reunião da diretoria das entidades, os próprios diretores ressaltaram que está sendo possível resgatar o sábado, um dia importante para as vendas, mas que antes era considerado um dia perdido, porque muitas pessoas não conseguiam ir aos principais polos comerciais da cidade para fazer suas compras. Entretanto, com o estacionamento rotativo, já conseguimos reverter isso. E nós também já recebemos pedidos de lojistas de outros bairros solicitando o estacionamento rotativo, o que demonstra sua importância”, afirmou.

Pontos de vendas
Atualmente, há quase 100 pontos de vendas nos bairros em que o estacionamento rotativo já foi implantado. Com isso, o presidente da CDL de Ipatinga, Amaury Gonçalves, destacou a importância da participação dos comerciantes no sistema rotativo, de forma que seus estabelecimentos também possam ser pontos vendas, facilitando ainda mais para os clientes. “Sabemos que é desgastante para o lojista, pois entra muitas pessoas no estabelecimento para comprar horas de estacionamento. Mas vale lembrar que, aderindo ao ponto de venda, ganha 10% na arrecadação bruta, além da oportunidade de receber novos consumidores dentro da loja diariamente”, disse.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Joaquim 16 de Setembro, 2019 | 21:58
Vocês deveria é preocupar é em construir a rotatória no cruzamento da Av. José Selim de Salles com Av. José A. de Vasconcelos, é uma pouca vergonha para estes políticos de Ipatinga, eles só sabem ir no local jogar conversa fora, construir a rotatória que é bom para o povo, nada,só na promessa. Agora faixa azul tudo é rapidinho, tirar Arrecadar, Oba, isso é bom. Tirar onde não temos.
Mauro Souza Gomes 16 de Setembro, 2019 | 20:34
Poxa pensei que o Bairro Iguaçu tbm fosse implantar o Zona Azul. Seria a melhor maneira de inibir a falta de respeito com o que resta de vaga para *idoso e deficiente* já que a fiscalização do transito não toma conhecimento e a consciência dos mau educado imperam nesse Bairro. Fica a dica.....
Barrabas 16 de Setembro, 2019 | 19:19
O municipio de ipatinga tem um dos custos mais alto para se viver e tanta exploracao nesta cidade que afugenta as pessoas.
Viviane 16 de Setembro, 2019 | 19:16
O tempo de gratuidade é pouco e a multa é muito alta, haja vista que já pagamos muitos impostos para o trânsito, pavimentação e etc. A divulgação também foi falha, somente quem mora nos bairros onde foi implantado o sistema ficou sabendo com detalhes como funciona.
Hoje parei na Av Monteiro Lobato no Cidade Nobre, estacionei e fiquei menos de 15 min. Fui notificada, não tive tempo hábil para pedir gratuidade no app, pois ainda estava me cadastrando e acostumando com o sistema, deste modo acabei sendo lesada. Vou ter que pagar R$ 14,00 por ter estacionado por 8 minutos na vaga. Um absurdo!
José da Paixão Rodrigues 16 de Setembro, 2019 | 18:47
Uma vergonha o que está acontecendo em Ipatinga. Se ja não bastasse o alto preço dos combustíveis,ruas repletas de irregularidades,trânsito caótico,vem o prefeito que só sabe ficar apertando a mão das pessoas nas festividades pela cidade procurando aparecer, mete a mão no bolso dos contribuintes fazendo com que as pessoas larguem seus carros na garagem e partam para os ônibus. Os lojistas do bairro Canaã estão achando que vão aumentar suas vendas. Puro equívoco. Se for pra pagar estacionamento, melhor pagar no centro.
E um lembrete: ANO QUE VEM TEM ELEIÇÃO.
Joao 16 de Setembro, 2019 | 17:24
Pra mim não passa de safadeza e um roubo estamos sendo estorquidos com tantos impostos agora mais essa temos que registrar os nossos carros em outros estados como espírito santo que na verdade e a metade do preco

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO