Cantor português Roberto Leal morre aos 67 anos

Artista lutava contra um câncer há dois anos

Divulgação


Artista português é autor de sucessos como "Arrebita" e "Bate o Pé"


Morreu na madrugada deste domingo (15) o cantor português Roberto Leal, aos 67 anos, em São Paulo. O artista, conhecido por músicas como Arrebita e Bate o Pé, lutava há dois anos contra um câncer. Ele estava internado desde terça-feira (10) no Hospital Samaritano, após uma reação alérgica a um medicamento.

A notícia da morte do artista foi veiculada pelo jornal português "O Público" e confirmada pelo político patrício José Cesário, amigo de Leal, que publicou a informação em sua página do Facebook: “Hoje acordamos com um enorme choque. O nosso amigo, grande Português no Brasil e no Mundo, António Joaquim Fernandes, o grande Roberto Leal, acabou de falecer. A tristeza é enorme! Portugal e o Brasil estão de luto."

A morte ocorreu devido a um melanoma maligno (tumor) que evoluiu, atingindo o fígado e causando síndrome de insuficiência hepato-renal. Ele deixa mulher e três filhos.

Nascido em Portugal, no município de Macedo de Cavaleiros, Leal vivia no Brasil desde os 11 anos, quando veio com os pais e nove irmãos para o país. Ele deixa a esposa, Márcia Lucia A. Fernandes, e os filhos, Rodrigo, Victor Diniz e Manuela Fernandes Leal.

O velório será aberto ao público na Casa de Portugal, em São Paulo, na segunda-feira (16), das 7h às 14h. O enterro está marcado para as 15h, no Cemitério Congonhas.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO