Coronel Fabriciano promove ações de combate ao pernilongo


A Secretaria de Governança da Saúde de Coronel Fabriciano inicia neste sábado (14), às 7h, uma ação de combate ao pernilongo (Culex), que tem aumentado consideravelmente nesta época do ano por conta do calor excessivo. Visando combater a proliferação do inseto, o setor de Endemias irá realizar ações intensivas utilizando a bomba motorizada costal.

De início, a ação será realizada nos bairros Judith Bering, seguindo beira córrego para Frederico Ozanan, Manoel Maia, Floresta, Alipinho, Santo Antônio, Silvo Pereira I e Melo Viana. De acordo com o departamento responsável, os cursos de água são locais que possuem condições adequadas para a reprodução do pernilongo.

“Nós temos percebido o incômodo que o pernilongo tem causado nesse período, por isso, atendendo a população, estamos iniciando um trabalho de combate para diminuir a quantidade desse inseto dentro do município”, ressalta o Secretário de Saúde, Ricardo Cacau.

Diferenças entre Culex e Aedes Aegypti

Conforme a Secretaria de Saúde, o pernilongo (também conhecido como muriçoca) não é um transmissor de doenças como o mosquito da dengue. A picada do pernilongo costuma deixar a pele irritada, com coceira e vermelhidão, já o Aedes não deixa marcas e sua picada é indolor.

O Aedes tem uma coloração mais escura e as pernas listradas de branco, e o Culex possui uma cor próxima do marrom, sem listras. O Aedes é mais ativo durante o dia, picando entre o início da manhã e o fim da tarde (lembrando que ele pode sim picar à noite se a pessoa estiver exposta e próxima), enquanto o Culex prefere o período noturno para se alimentar.

Outro ponto importante que ajuda diferencia-los é o barulho. O pernilongo geralmente faz aquele zumbido no ouvido, já o Aedes praticamente não faz barulho, o que torna mais difícil perceber sua presença. Os pernilongos voam alto, já o mosquito da dengue costuma voar baixo, com exceção se tiver focos em varandas, janelas e plantas.

Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO