Diretor de futebol garante Ceni no comando do Cruzeiro

Sobre os boatos de afastamento de Thiago Neves, o diretor de futebol garante que isso não será feito

Vinnicius Silva


Marcelo Djian concedeu entrevista coletiva para falar sobre o momento conturbado do clube

Em entrevista coletiva nesta terça-feira, o diretor de futebol do Cruzeiro, Marcelo Djian, falou sobre as crises institucional e técnica vividas fora e dentro de campo. Ele garantiu a permanência de Rogério Ceni no comando da equipe, disse que Thiago Neves não será afastado e que o clube está trabalhando para quitar o salário dos jogadores e demais funcionários.

“O Rogério, desde que foi contratado, e eu que tive todas as conversas com ele, soube que teria todo o respaldo da diretoria. Desde janeiro de 2018, com o Mano, nunca opinamos em nada na equipe e não será agora, com o Rogério, que o faremos”, garantiu Djian, revelando que alguns jogadores realizarão trabalhos após os treinamentos, numa espécie de intertemporada.

A tendência é que esses atletas, que não tiveram seus nomes divulgados, nem sequer fiquem à disposição para o jogo do próximo sábado, às 19h, contra o Palmeiras, pelo Campeonato Brasileiro. “Os atletas que ele (Ceni) e o departamento físico e fisiológico decidirem que tem que ter um complemento, serão feitos esses complementos após os treinamentos”, informou o diretor.

Sobre os boatos de afastamento de Thiago Neves, o diretor de futebol garante que isso não será feito. “Não houve nada dessa conversa, eu vi nas redes sociais, mas é totalmente falso. O que ele (Ceni) falou que teria, de repente, seria um condicionamento físico melhor de alguns atletas. Todos os atletas farão parte do elenco até o fim do Campeonato Brasileiro”, garantiu.

Djian admitiu, no entanto, que teve uma conversa em particular com Thiago Neves para tratar sobre a entrevista concedida pelo meia depois da eliminação na Copa do Brasil. Na ocasião, após a derrota por 3 a 0 para o Inter, no Beira-Rio, o meia disparou contra as mudanças promovidas por Rogério Ceni na formação da equipe. “O Thiago é um dos nossos melhores jogadores, deu uma entrevista de cabeça quente, isso acontece de vez em quando, no calor de uma partida e uma decepção de quem poderia disputar a terceira final consecutiva. Isso está solucionado, contamos com o Thiago que é muito decisivo para nós”, disse.

Salários
O clube ainda não quitou parte da folha de julho, e os jogadores e funcionários também não receberam o salário de agosto, que deveria ter sido pago na última sexta-feira. Djian disse que a diretoria está trabalhando para quitar os vencimentos.

“Os jogadores, eles estão bem conscientes a esse atraso, inclusive essa semana estaremos quitando o restante do mês de julho. E estamos trabalhando para que, na próxima semana, a gente consiga quitar o mês de agosto. Jogadores sabem que o Cruzeiro sempre honrou com os salários. Eles não ficam preocupados quando ocorre um pequeno atrasado. Não é normal, mas posso te dizer que não é isso que está influenciando nos jogos”, declarou.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO