Jovem vítima de atentado está grávida

Descoberta gravidez da vítima que sobreviveu ferida um dia e meio na margem do Rio Piracicaba , em Antônio Dias

Enviada para o WhatsApp Portal Diário do Aço


Carla se recupera dos ferimentos no Hospital Márcio Cunha

A jovem Carla Aparecida dos Santos, de 23 anos, que sobreviveu ao atentado contra sua vida no sábado (7), está grávida. A descoberta ocorreu no atendimento médico realizado no Hospital Márcio Cunha, em Ipatinga, onde está internada desde que foi resgatada pelo Corpo de Bombeiros.

Ela foi encontrada à margem do rio Piracicaba, em Antônio Dias, em meio à lama, entre pedras com ferimentos graves. O suspeito do crime é o caseiro Antônio Amarante dos Santos, de 63 anos, que se encontra preso.

O Diário do Aço apurou que a jovem se recupera dos ferimentos no HMC, onde a sargento Denise, do 58º Batalhão PM de Coronel Fabriciano, ao visitá-la recebeu a notícia: Carla está grávida de cerca um mês. A vítima pediu que a sargento retransmitisse uma mensagem de agradecimento aos policiais, bombeiros e as outras pessoas que se empenharam em salvá-la.

A sargento comentou que acompanhou o exame de ultrassom na vítima e se constatou que foram duas vidas salvas no resgate de Carla. Com o carinho e atenção recebida da policial militar, a jovem chegou convidar a policial para ser madrinha de seu filho. “Ela está eternamente grata“, comentou a PM na mensagem a qual o Diário do Aço teve acesso.

Carla está internada na Unidade de Tratamento Intensiva (UTI) do Hospital Márcio Cunha. De acordo com a assessoria do HMC, o estado de saúde da paciente é considerado estável. Sobre a gravidez, a assessoria do hospital informou que não pode confirmar como está a situação de Carla porque o resultado do exame é sigiloso.

Desaparecida por mais de um dia

Carla Aparecida foi encontrada à margem do rio Piracicaba na região da Mangorreira, na zona rural de Antônio Dias.

A jovem tinha saído de casa na sexta-feira (6) e familiares tinham iniciada sua procura, quando surgiu a informação que ela tinha sido encontrada ferida com cortes pelo corpo e fraturas em um dos braços e perna. Os sinais dos dois tiros foram descobertos no atendimento hospitalar.

Carla foi vista caída no fundo do precipício por populares que transitavam pela estrada rural e acionaram a Polícia Militar. Foram quatro horas de resgate realizado pelos bombeiros e policiais com a ajuda de moradores da localidade.

Com a descoberta dos tiros a vítima revelou que o autor do crime seria seu ex-namorado, o caseiro Antônio Amarante, que foi localizado e preso no sítio onde trabalha no córrego do Machado, também na zona rural de Antônio Dias. Ele, que nega ter tido qualquer relação com o fato, foi autuado em flagrante por tentativa de homicídio qualificado (feminicídio) e está recolhido no presídio de Coronel Fabriciano. Tanto a vítima quanto o suspeito são do município de Santana do Paraíso.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

MAIS FOTOS

Comentários

Bolsonaro 10 de Setembro, 2019 | 21:51
PEÇO A DEUS E AO JUIZ DESSE CASO QUE
DEIXEM ESSE VERME VELHO PODRE TERMINAR DE APODRECER NUMA CELA FEIA,HORRÍVEL E FEDIDA QUE LÁ QUE É O SEU LUGAR.
E LEMBRE SE EM UMA MULHER NÃO SE BATE NEM COM FLORES.
PARABÉNS A TODOS QUE AJUDARAM E ESTÃO AJUDANDO ESSA MOÇA.
Cosme Martins Coelho 10 de Setembro, 2019 | 11:47
Parabéns à esses profissionais das polícias Militar e corpo de bombeiros nem todos que usam fardas nas polícias são maos a maioria com certeza são proficionais que às vezes dar suas vidas para salvar vidas continuem assim parabéns à todas as corporações que atuaram nesta ocorrência Deus os abençoe sempre ??

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO