PM prende suspeito de assaltar casa de carnes no Panorama, em Ipatinga

Policiais militares encontraram drogas com o jovem procurado pelo roubo ocorrido no fim de semana

Divulgação Polícia Militar


Além das roupas usadas no dia do crime, apreendidas porções de maconha com os suspeitos

A Polícia Militar localizou e prendeu E.O.L., de 29 anos, suspeito de ser o autor do assalto em uma casa de carne na avenida JK, no bairro Jardim Panorama, em Ipatinga. E.O. foi encontrado na rua Serra do Mar, também no Panorama, onde estava em companhia de outra pessoa. Na casa abordada pelos policiais militares no fim da tarde deste domingo (8) foram recolhidas porções de entorpecentes.

Uma equipe da PM foi informada que o homem filmado pelas câmeras de segurança do estabelecimento, durante o assalto praticado na noite de quarta-feira (5), estava em sua casa em companhia de uma pessoa de Itabira com várias passagens pela polícia. Os policiais cercaram a residência e viram pela janela V.H.S., de 24 anos, próximo a uma porção de maconha sob a cômoda.

Os PMs chamaram o morador e V. foi atender, mas se assustou ao notar que era a polícia. Ele tentou buscar um meio de fuga e desistiu ao notar que estava cercado. E.O. foi encontrado escondido dentro do baú da cama-box. Ele estava com uma porção de maconha. Com os dois detidos apreendida a quantia de R$ 370.
Reprodução vídeo


As roupas que o suspeito usava no dia do assalto foram apreendidas pela PM

As roupas que o suspeito usava no dia do assalto foram apreendidas pela PM. O suspeito foi reconhecido como o autor do assalto. Pesa contra o suspeito do roubo, a localização das peças de roupa usadas no momento do roubo. Com as evidências, ele confessou a autoria do crime e disse que jogou a arma de fogo no ribeirão Ipanema. O telefone roubado de uma das vítimas da casa de carnes foi recuperado pelos policiais no dia do assalto, por meio da mulher de E.O., que pegou o aparelho e o entregou quando policiais foram à residência à procura do suspeito.

Os dois detidos têm diversas passagens pela polícia por crimes contra o patrimônio e envolvimento com drogas. Ambos foram encaminhados para a delegacia de Polícia Civil e vão responder pelos delitos. Os PMs acreditam que parte da droga que havia na casa foi jogada no vaso no momento em que V. percebeu a chegada dos militares.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Sabonete 11 de Setembro, 2019 | 07:25
ESSE TAL DE E.O.L. NUNCA VAI MUDAR DE VIDA....LADRÃO É A PROFISSÃO DELE....AGORA ELE VAI PRA CADEIA PARA PODER ENGORDAR.....E QUANDO SAIR, VAI PRATICAR O MESMO DELITO, E VAI CHEGAR AO PONTO DE MATAR UMA PESSOA DURANTE O ASSALTO...ISSO É QUESTÃO DE TEMPO...

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO