Decisão do TJMG permite volta de Itair Machado à vice-presidência do Cruzeiro

Itair obteve recurso julgado favoravelmente pelo placar de dois votos a um

Vinnicius Silva


Itair Machado ficou quase dois meses fora do cargo de vice-presidente de futebol do Cruzeiro

Uma decisão do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) permitiu a volta de Itair Machado ao cargo de vice-presidente de futebol do Cruzeiro. Conforme publicado pelo site Superesportes, o clube confirmou que o dirigente voltará a exercer o antigo cargo. Itair obteve recurso julgado favoravelmente pelo placar de dois votos a um.

Os desembargadores Domingos Coelho e José Flávio de Almeida foram favoráveis ao recurso de Itair Machado na quarta-feira (4). O voto contrário foi justamente de Octávio de Almeida Neves, que o afastara do cargo.
Itair ficou quase dois meses fora do cargo, punição que começou no dia 10 de julho. Vale lembrar que durante o período em que ficou afastado do cargo de vice-presidente do Cruzeiro, o dirigente assumiu o cargo de assessor esportivo da presidência.

O dirigente, que ganhou o cargo de assessor esportivo da presidência após o afastamento judicial, argumentou em ‘agravo interno’, interposto em 21 de agosto, que os conselheiros e associados do Cruzeiro autores do pedido de afastamento “misturam institutos diferentes com objetivo de confundir o juízo”. Itair ainda alegou que a decisão do afastamento “viola os princípios do devido processo legal, ampla defesa e contraditório”.

Os conselheiros e associados que pediram o afastamento apresentaram processos trabalhistas contra Itair enquanto presidente do Ipatinga Futebol Clube e Betim Esporte Clube. O estatuto do Cruzeiro impede que profissionais com esses tipos de processos assumam cargos na estrutura administrativa.

“Rainha da Inglaterra”

Após a eliminação do Cruzeiro na Copa do Brasil, ao perder por 3 a 0 para o Internacional, o presidente do Conselho Deliberativo do clube, Zezé Perrella, criticou a diretoria do clube e a acusou de pegar um empréstimo de R$ 80 milhões para pagamentos de salário. Zezé Perrella ainda chamou o presidente Wagner Pires de Sá de "Rainha da Inglaterra", e que quem manda no clube, atualmente, é o vice-presidente de futebol, Itair Machado, e afirmou que os atuais dirigentes "vão acabar com o Cruzeiro".
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO