Thiago Neves critica improviso de treinador antes de decisão

Ao invés de colocar um zagueiro no lugar, Ceni optou por acionar Ariel Cabral e deslocar Henrique para a zaga

Vinnícius Silva


Meia questionou mudanças no time feitas em cima da hora

Na derrota para o Internacional, que garantiu a presença do time gaúcho na final da Copa do Brasil, o técnico Rogério Ceni realizou uma série de alterações no Cruzeiro pouco tempo antes do jogo. As surpresas foram a entrada de Jadson na lateral direita, no lugar de Edílson, lateral de origem e a presença de Fabrício Bruno no lugar do zagueiro Léo. Além disso, Robinho voltou a atuar como volante sob o comando de Ceni.

Ao longo da partida, o treinador ainda teve que substituir Dedé, que sentiu uma lesão. Ao invés de colocar um zagueiro no lugar, Ceni optou por acionar Ariel Cabral e deslocar Henrique para a zaga.

Ao fim do jogo, Thiago Neves disse à imprensa que a equipe só soube dessas alterações minutos antes da partida. “Você mudar três ou quatro jogadores em uma decisão fora de casa é muita coisa, em um time que já vem formado. Improvisar jogadores é difícil, ainda mais jogadores que não vêm jogando. Ficou um pouco complicado, mas mesmo assim a gente conseguiu fazer um bom primeiro tempo. E aí o primeiro gol complicou”, falou o jogador.

Em entrevista coletiva pós-jogo, Rogério Ceni apontou os erros de passe como um dos principais problemas da noite. “O Cruzeiro ficou exposto depois que tomou o gol. É normal que você arrisque um pouco mais. Quando tinha o controle do jogo, errava passes simples, de cinco, dez metros, que normalmente não se erra, principalmente na construção do jogo. Se você não consegue ultrapassar a primeira linha do adversário e acaba errando passes primários, não é o padrão. A gente não conseguiu ultrapassar a primeira linha, isso gera contra-ataques, é normal. O seu time está saindo, é normal. Erramos passes cedo, com zagueiros e volantes. Isso acaba expondo mais o time”, declarou o treinador.

Novo atacante

O atacante Ezequiel, de 21 anos, será apresentado no Cruzeiro nesta sexta-feira. Ele chega ao clube por empréstimo junto ao Botafogo, em condições não divulgadas pelo clube celeste. Depois da eliminação do Cruzeiro na Copa do Brasil, com a derrota por 3 a 0 para o Internacional, no Beira-Rio, o treinador Rogério Ceni afirmou que poderá usar o atacante já no jogo diante do Grêmio, no próximo domingo, às 11h, no Independência, pela 18ª rodada da Série A.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO