Nando vence disputa em Dionísio

Chapa do MDB, liderada por Francisco Castro Souza Filho (Nando) e pelo candidato a vice-prefeito, Marciny Martins Pereira saiu vencedora de eleição extemporânea

Divulgação


Nando, entre a esposa, Méia Garcia e a mãe, dona Inês, foi o vencedor da eleição hoje em Dionísio

A chapa do Movimento Democrático Brasileiro (MDB), que tem como candidato a prefeito Francisco Castro Souza Filho (Nando) e como candidato a vice-prefeito, Marciny Martins Pereira, foi a vencedora da eleição extemporânea para prefeito e vice nesse domingo, em Dionísio.

Francisco Castro Souza Filho e Marciny Martins Pereira, da coligação Dionísio Forte e Feliz de Novo (MDB/PROS), são os novos prefeito e vice eleitos neste domingo (1º) em eleição suplementar em Dionísio, no Vale do Aço. Eles foram eleitos com 1.784 votos (38,71%) e deverão ser diplomados pela Justiça Eleitoral até o dia 20 de setembro.

Em segundo lugar ficaram Hermes Freitas da Costa e sua vice Aparecida Pena Martins de Andrade, da coligação Dionísio em Boas Mãos (Avante, PSDB, PP e DEM), com 1.474 votos (31,98%). Em terceiro lugar, pelo Partido Liberal, ficaram Ailton Artuzo e Antônio de Oliveira, que obtiveram 1.351 votos (29,31%).

Voltaram às urnas neste domingo 4.855 eleitores de Dionísio, o que representa 70,39% do eleitorado apto a votar nesta eleição suplementar (o eleitorado referente a este pleito era de 6.897). O percentual de abstenção ficou em 29,61% (2.042 eleitores). Foram contabilizados 64 votos em branco (1,32% dos votos) e 182 votos nulos (3,75%).

A votação foi encerrada às 17h, após um dia de eleição tranquilo, sem necessidade de troca de nenhuma das 28 urnas eletrônicas utilizadas. Houve apenas um registro de condução pela Polícia Militar por boca de urna (que tenha chegado ao conhecimento da Justiça Eleitoral). A totalização dos votos terminou às 19h38.

Os eleitores de Dionísio que não compareceram às urnas neste domingo devem justificar a ausência até dia 31 de outubro de 2019 (60 dias após a eleição).

Em Dionísio existem 29 seções eleitorais – sendo uma com acessibilidade -, distribuídas por seis locais de votação. Foram utilizadas 28 urnas eletrônicas nesse domingo. Para organizar os trabalhos nas seções eleitorais, foram mobilizados 112 mesários.

Divulgação TRE-MG


Eleição foi realizada nesse domingo sem registro de ocorrências pela Justiça Eleitoral, informou o TRE-MG

Por que nova eleição para prefeito em Dionísio?

As novas eleições ocorreram em razão de a chapa eleita em 2016, sendo prefeito Farias Menezes de Oliveira (PSL) e vice-prefeito Emídio Braga Bicalho (PP), ter sido cassada pelo juízo da primeira instância na Comarca Eleitoral de São Domingos do Prata, pela prática de conduta vedada em período eleitoral e abuso de poder político.

O prefeito eleito à época recorreu, mas teve a cassação mantida no Tribunal Regional Eleitoral Mineiro e depois no Tribunal Superior Eleitoral, que determinou também a realização de nova eleição no município.

Consta no processo que, às vésperas das eleições municipais de 2016, Frederico Coura Ferreira (então prefeito) e Emídio Braga (vice-prefeito reeleito) efetuaram doações de lotes à população carente de Dionísio, com conotação eleitoreira, revelando o abuso de poder econômico e político em prol das candidaturas dos ora cassados.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Antigo Morador 02 de Setembro, 2019 | 17:42
Parabéns ao Nando ! Q faça um bom trabalho na minha cidade natal q tanto amo...sai dai nao tinha 14 anos de idade! Nao tinha dinheiro pra comprar nem um chinelo. Hj tenho dinheiro pra comprar oq eu quiser gracas a Deus...abraco a todos moradores de minha cidade.
áriston 01 de Setembro, 2019 | 22:28
Fui uma surpresa,muitos esperava a vitória do Hermes. Inclusive as pesquisas apontavam o Nando em último lugar. Deus abençoa ele que possa realizar um grande trabalho. Cuidar dessa cidade maravilhosa esse povo bom de Dionísio.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO