Mais de 100 alunos participaram do Festival de Xadrez de Timóteo

As crianças presentes demostraram espírito esportivo, interagindo de forma harmoniosa com os colegas

Divulgação


Em sua quarta edição, evento reuniu alunos de escolas municipais e estaduais

O Grêmio Recreativo da Associação dos Aposentados e Pensionistas de Timóteo, no bairro Olaria, foi palco do IV Festival de Xadrez, que reuniu 104 alunos de 12 escolas estaduais e municipais na última sexta-feira (23). Realizado pela Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, por meio da Coordenação de Educação Física, o festival objetivou promover a divulgação da modalidade esportiva e a socialização entre os alunos.

De acordo com Jane Madeira, da Coordenação de Educação Física, o projeto traz reflexos positivos para a prática pedagógica, pois contribui para a disciplina, socialização, concentração e melhoria do desenvolvimento cognitivo e intelectual dos alunos. O Festival de Xadrez abrangeu crianças de 8 a 11 anos, do 4º e 5º anos do Ensino Fundamental, informou os organizadores do evento.

As crianças presentes demostraram espírito esportivo, interagindo de forma harmoniosa com os colegas. Apaixonado pelo esporte, João Pedro Arthuso, da Escola Estadual Getúlio Vargas, pratica xadrez há quatro anos por influência de um tio. “O xadrez hoje é um esporte muito disputado. Jogo desde quatro anos. É um jogo de inteligência que ajuda na Matemática”, expõe.

Os alunos das escolas municipais Novo Tempo, Raquelly Mariane Moura de Souza, de 10 anos, e Limoeiro, Marlon Victor de Souza Lima, 10 anos, também afirmam gostar do esporte. Raquelly aprendeu xadrez com a professora, carinhosamente chamada de “tia” Cintia, e se diverte jogando com os amigos. Marlon, apesar da timidez, fica muito interativo e alegre ao jogar. Ele diz que prefere o xadrez a outras modalidades e afirma que costuma ganhar as partidas.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO