Passaredo compra a MAP e anuncia voos no Vale do Aço, Uberaba e Ponta Grossa

A aquisição do controle acionário da MAP consolida a vocação regional da Passaredo, que passa a atender a 28 destinos no Brasil, e irá permitir também a ampliação do acesso ao aeroporto de Congonhas.

A MAP Linhas Aéreas, companhia com sede em Manaus, acaba de ser vendidas para a Passaredo Linhas Aéreas. As rotas atendidas pela MAP no Norte do Brasil serão mantidas pela Passaredo.

No dia 31 de julho a Passaredo recebeu 14 slots (autorização de pousos e decolagens) no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo. Já a MAP terá direito a 12 horários.

Com a compra, a Passaredo terá direito a operar 26 voos no aeroporto mais importante do Brasil. Entre as rotas que a Passaredo anuncia está a do Aeroporto Regional do Vale do Aço. (Com informações do site Tudo de Viagem)

Já publicado:
Passaredo já operou no Aeroporto Regional do Vale do Aço
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Josemar 22 de Agosto, 2019 | 16:56
Só se for em outro aeroporto, porque já está com a capacidade máxima.
David Romeros 22 de Agosto, 2019 | 09:59
Que notícia maravilhosa!!
Marcelo Alves da Silva 21 de Agosto, 2019 | 19:45
A Passaredo deseja voar em Ipatinga novamente. Entretanto segundo a ANAC não é possível pois os 32 Slots de pouso e decolagem semanal já se encontra em posse da Azul linhas aéreas.
Portanto será possível apenas a reforma completa do nosso aeroporto.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO