Novo chinês

Dono de passaporte chinês, Elkeson agora faz parte dos planos da seleção nacional. O atacante nascido no Brasil foi convocado pela China pela primeira vez na quarta-feira, quando o técnico Marcelo Lippi divulgou uma lista de 35 nomes pré-selecionados para treinamentos antes de confrontos contra Maldivas e Guam, pelas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022. Como esperado, Elkeson passa a ter um novo nome de origem chinesa por agora ter o passaporte do país, após renunciar à nacionalidade brasileira. A lei chinesa não permite dupla-nacionalidade. O ex-jogador de Vitória e Botafogo passa a ser chamado de Ai Kesen.

Divulgação
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO