Bairro Caravelas recebe obras de drenagem

As obras devem beneficiar diretamente cerca de 500 moradores que vivem em um condomínio próximo

Divulgação


Intervenções tiveram início nesta semana e devem beneficiar moradores das ruas Jundiaí e Lorena

Começaram nesta semana as obras de drenagem pluvial nas ruas Jundiaí e Lorena, no bairro Caravelas, em Ipatinga. O objetivo das intervenções realizadas pela administração municipal é solucionar os constantes alagamentos registrados na região em época de chuva. As obras devem beneficiar diretamente cerca de 500 moradores que vivem em um condomínio próximo.

De acordo com a Secretaria Municipal de Obras Públicas (Semop), os alagamentos acontecem há anos, de forma recorrente, porque parte da rua Lorena não possui rede de escoamento de chuva.

Jane de Cássia Silva Viana é síndica de um residencial que fica nas proximidades. Segundo relata, no período chuvoso os moradores chegam a ficar ilhados por causa da quantidade de água empoçada. “A água chega a bater no joelho das pessoas. É um problema muito antigo. Além de todos os transtornos, os imóveis acabam se desvalorizando”, disse.

Obra

A rede pluvial existente na rua Jundiaí será levada para a rua Lorena, informa a Semop. Serão aproximadamente 70 metros de extensão de rede, ligando uma rua à outra. “É uma obra grande. Estamos fazendo um corte profundo na rua Jundiaí e depois serão realizadas intervenções na rua Lorena. Em seguida será colocada uma tubulação de 600mm e então finalizaremos com a recuperação da via. Pretendemos concluir essa obra o mais rápido possível e livrar a população desse problema que já persiste por anos”, adiantou o prefeito Nardyello Rocha.

Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Cidadão Indignado 22 de Agosto, 2019 | 09:18
Pode ser que não resolva, olha o caso do Residencial Iguaçu, localizado entre as ruas Magnetita, Jurupari, Turfa, Âmbar e Magé, onde no passado foi uma lagoa, e em sua extensão têm vários morros, resultado, quando começa a chover de nada adianta o escoamento pelos boeiros, alaga tudo todo ano. Na enchente de 1995 a água chegou a subir à 1,60M, chegou a passar por cima das janelas das casas e moradias cercanas.
Eu chego até a me perguntar: Quem foi o sábio engenheiro da prefeitura que autorizou esse belo projeto?
Hans Muller 21 de Agosto, 2019 | 17:26
Parabéns PREFEITO!

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO