Sequestrador de ônibus no Rio é morto por atiradores de elite

Ele fez 37 passageiros reféns na Ponte Rio-Niterói

Alexandre Macieira/Riotur


Ponte Rio-Niterói
Atualizado às 09h50
O porta-voz da Polícia Militar (PM) do Rio de Janeiro, coronel Mauro Fliess, confirmou que o sequestrador que fez 37 reféns no início da manhã, em um ônibus na Ponte Rio-Niterói, foi morto por atiradores de elite.

Tiros foram ouvidos no local por volta das 9h. Pelo Twitter, a PM informou que a ocorrência foi encerrada sem vítimas entre os reféns. “O tomador de refém foi neutralizado por um atirador de precisão do #Bope [Batalhão de Operações Policiais Especiais] e todos os reféns foram libertados ilesos” postou a corporação.

O sequestro começou pouco antes das 6h e interditou a ponte nos dois sentidos. Até as 9h, o sequestrador havia liberado seis reféns. Segundo as primeiras informações, ainda não confirmadas, o sequestrador estava armado e se identificou como policial militar.

A polícia disse que a arma usada por ele era um simulacro, ou seja, de brinquedo.

A ponte permanece interditada.

(Akemi Nitahara - Repórter da Agência Brasil)
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Joao 20 de Agosto, 2019 | 18:44
Foi sentar no colo do capiroto.
Bem feito.
Ninguém mandou prejudicar a sociedade.
Rogério 20 de Agosto, 2019 | 14:55
Boa Tarde !

Venho através deste , parabenizar toda a ação da polícia no desdobramento desta operação.
É preciso atitudes desta natureza , é preciso com URGÊNCIA ordenar este país , onde o criminoso, o marginal , seja tratado desta forma , que eles tenham medo da força da polícia e que caso cometam algum ato que realmente coloque todo o cidadão de bem em risco de vida , ou inseguro em andar pela rua sem ser importunado , que ele seja eliminado.
"É PRECISO QUE TENHAMOS TOTAL SEGURANÇA".
"O MAL NUNCA DEVERÁ VENCER O BEM"
"NÓS BRASILEIROS E BRASILEIRAS NÃO PODEMOS PERMITIR QUE OS VALORES NÃO SEJAM INVERTIDOS NA NOSSA SOCIEDADE"

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO