Na Arena da Baixada, Galo perde para o Furacão por 1 a 0

Partida foi disputada no Sul e teve derrota alvinegra

Bruno Cantini / Atlético


Galo chegou por diversas vezes ao gol paranaense, mas não conseguiu mandar para o fundo das redes


Em partida disputada na noite deste sábado (17), o Galo teve sua sequência de oito jogos de invencibilidade interrompida. A equipe alvinegra foi superada pelo Athletico-PR, por 1 a 0, na Arena da Baixada, em Curitiba, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A partida teve de ser paralisada no primeiro tempo, em razão de uma queda de energia em alguns refletores. O Atlético começou o jogo bem, mas voltou mal depois do intervalo forçado. Guga deixou muitos espaços pela direita, Papagaio perdeu boas chances.

O lateral paranaense Adriano apareceu bem no início de jogo com assistências e a marcação. Já o Galo começou bem encaixado na defesa e pronto para os contra-ataques. Levando perigo assim em pelo menos duas ocasiões.

Marco Ruben chegou com perigo após o Furacão recuperar a bola no meio-campo e descer para o ataque com muita velocidade. O atacante recebeu bom passe de Adriano e finalizou com força. A bola passou por cima da trave. O Galo respondeu rapidamente, com Papagaio. O centroavante deu um bonito chapéu, um drible seco, puxou para o pé direito e concluiu da entrada da área. Bela jogada, mas o chute foi fraco. O atacante alvinegro voltou a perder gols, até que, aos 39 minutos, gol de Marcelo Cirino.

A equipe paranaense desceu com velocidade pela direita e conseguiu bom cruzamento na área, buscando Marco Ruben. A defesa do Galo evitou a finalização do camisa 9, mas, no rebote, a bola ficou no jeito para Marcelo Cirino, que mandou com força para o fundo do gol, sem chances para Cleiton. A partida terminou aos 55 minutos, em razão da paralisação.

A segunda etapa teve a equipe mineira em busca do gol. Aos cinco minutos, Otero arriscou em cobrança de falta, de muito longe. A bola subiu e não levou perigo. Aos 7, um gandula que atrapalhou a reposição de bola do Atlético foi expulso de campo. Aos 11, o time de Rodrigo Santana encaixou ótimo contra-ataque, com Nathan. Ele avançou com a bola e tocou para Chará. Marcelo Cirino chegou primeiro e conseguiu evitar a finalização do colombiano. Mais uma vez o ataque não foi feliz. Vinícius driblou o marcador e chutou cruzado. A bola desviou e por pouco não ficou no jeito para Papagaio completar pro gol.

O goleiro Santos fez boas defesas e impediu o empate do Galo, por diversas vezes. Após ótima jogada, Otero recebeu a bola na área e rolou pra trás, pra Nathan. O camisa 23 chutou cruzado, rasteiro, e exigiu uma defesa espetacular de Santos. No rebote, Chará apareceu para finalizar, e Santos faz outra defesa incrível. O placar permaneceu em 1 a 0 até o final, com triunfo paranaense.

Com o resultado, o Galo permanece na quarta colocação com 27 pontos. O próximo desafio é contra o La Equidad-COL, nesta terça-feira (20), às 21h30, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa Sul-americana. Já pelo Brasileiro, o próximo compromisso será no sábado (24), contra o Bahia, às 11h, também em casa.

Ficha Técnica
Motivo: 15ª rodada do Brasileiro
Local: Arena da Baixada - Curutiba

Athletico-PR
Santos; Madson, Léo Pereira, Pedro Henrique, Adriano (Márcio Azevedo); Wellington, Bruno Guimarães, Thonny Anderson (Bruno Nazário); Marcelo Cirino (Nikão), Rony, Marco Ruben. Técnico: Tiago Nunes

Atlético
Cleiton; Guga, Réver, Igor Rabello, Fábio Santos; Ramón Martínez (Nathan), Elias, Cazares (Otero), Vinícius (Geuvânio), Chará; Papagaio. Técnico: Rodrigo Santana

Cartões: Ramón Martínez (Atlético), Adriano, Bruno Nazário e Marco Ruben (Athletico-PR)
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO