Criança de 4 anos localizada após horas de buscas em Fabriciano

Menina estava brincando com outra criança e se perdeu na mata, entre os bairros Morada do Vale e Mangueiras

Enviada para o WhatsApp Portal Diário do Aço


Os bombeiros e policiais militares recolhem a criança encontrada após seis horas de buscas
Atualizada às 14:50
O sumiço de uma menina de quatro anos de idade mobilizou populares, policiais militares e o Corpo de Bombeiros no início da noite de terça-feira (13). Maria Cecília estava brincando com um menino quando eles entraram em uma trilha na rua José Firmino, no bairro Mangueira, em Coronel Fabriciano. A criança foi aparecer horas depois, já no início da madrugada, no bairro Morada do Vale.

Maria Cecília e um menino de sete anos brincavam nas proximidades da casa dela. Os dois entraram na trilha, mas apenas a criança mais velha retornou. Com o avançar da noite, os familiares e conhecidos passaram a procurar pela desaparecida. Em grupos de Whatsapp e no Facebook foram repassadas fotos da menina.

Depois de seis horas de intensas buscas, inclusive na mata onde a menina foi vista entrando antes de sumir, a criança foi encontrada na rua Vale do Paracatu, no bairro Morada do Vale, por um morador que a acolheu. A Polícia Militar foi acionada com a equipe do sargento Luduvino e recebeu a criança já no início da madrugada desta quarta-feira (14).

Wellington Fred


A criança atravessou este morro onde um fogo destruiu uma extensa faixa de mata
Ela estava cheia de carrapatos pelo corpo e, depois de ter a roupa trocada, foi encaminhada pelos militares do Corpo de Bombeiros, que participavam das buscas, para o Hospital Dr. José Maira de Morais para ser avaliada. Inicialmente, a menina estava bem, sem qualquer ferimento pelo corpo.

A pequena Maria Cecília, ao se perder na mata, atravessou toda a extensão do terreno indo parar no Morada do Vale. O temor dos moradores é que havia um grande incêndio que destruiu por completo vários hectares da mata entre os bairros, fumaça que pôde ser vista a quilômetros de distância, colocando ainda mais em risco a vida da criança.

Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

MAIS FOTOS

Comentários

Boa Tarde 14 de Agosto, 2019 | 15:05
ESSA FOI PROTEGIDA POR UM ANJO ENVIADO DE DEUS....
E AOS PAIS NÃO TIREM OS OLHOS DOS PEQUENOS.
Félix 14 de Agosto, 2019 | 10:48
Onde estavam os cães farejadores dos bombeiros. Após 6 horas a menina foi aparecer do outro lado do morro em outro bairro e ainda sofreu risco de ser queimada.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO