''Momento mágico na carreira'', diz Rogério Ceni durante apresentação no Cruzeiro

O profissional também destacou que um dos motivos que o fizeram aceitar a proposta celeste foi a chance de disputar a Copa do Brasil

Bruno Haddad


Profissional disse que disputar a Copa do Brasil o motivou a aceitar a proposta do clube celeste

Rogério Ceni, novo treinador do Cruzeiro, foi apresentado na tarde de terça-feira (13) de forma oficial, na Toca da Raposa 2. Diante de uma sala de coletiva de imprensa cheia, o técnico celeste chegou acompanhado do presidente Wagner Pires de Sá, do diretor de futebol Marcelo Djian, além de outros membros da diretoria e companheiros da comissão técnica.

No início da apresentação, o mandatário celeste falou da chegada do novo treinador, sobre as suas principais características, dentro e fora de campo, além de evidenciar que o seu nome sempre foi o primeiro na lista de todos os envolvidos do clube nesta escolha.

“Foi uma unanimidade a escolha pelo Rogério, não somente da diretoria, como dos jogadores, da comissão técnica e principalmente desses quase 10 milhões de torcedores que nós representamos”, disse o presidente.

Rogério Ceni falou da oportunidade de treinar o Cruzeiro em seu maior desafio da carreira como treinador de futebol. “Para mim é uma honra, um orgulho muito grande. Um clube que enfrentei muitas vezes, me tirou títulos, quem sabe juntos agora possamos vencer o que falta na minha carreira. Eu espero corresponder às expectativas de vocês, e tentar fazer com que o Cruzeiro suba o mais rápido possível na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, que não condiz com o clube, no momento, onde ele se encontra”, disse o treinador.

O profissional também destacou que um dos motivos que o fizeram aceitar a proposta celeste foi a chance de disputar a Copa do Brasil. “É um momento mágico na carreira de qualquer pessoa chegar um clube como o Cruzeiro. Temos um jogo contra o Internacional, e é claro que tem dificuldades, mas talvez tenha sido um dos grandes fatores que me motivaram a vir para cá. Não se joga fora o fato de ter a chance de ser campeão. Vamos tentar nos reencontrar também no Campeonato Brasileiro. Não é uma coisa que acontecerá rapidamente, pois a rodada é espaçada, mas vamos ter tempo para trabalhar”, declarou Rogério.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO